Jornal do Commercio
Protesto

Petição para processar Estado francês por inação climática tem recorde de assinaturas

As quatro ONGs querem levar o Estado francês à justiça, visto que consideram insuficientes suas políticas contra as mudanças climáticas

Publicado em 28/12/2018, às 19h06

A petição foi impulsionada por ONGs como Greenpeace e Oxfam / Foto: AFP
A petição foi impulsionada por ONGs como Greenpeace e Oxfam
Foto: AFP
AFP

Uma petição na internet impulsada por quatro ONGs para levar o Estado francês perante a justiça por sua suposta inação na luta contra a mudança climática obteve um grande êxito, com um número recorde de assinaturas.

Nesta sexta-feira (28) de manhã, a petição impulsada pelas ONGs Greenpeace, Oxfam, Fundação para a Natureza e o Homem (FNH) e pela associação Notre affaire à tous, já tinha obtido 1,82 milhão de assinaturas em dez dias, após sua publicação no site laffairedusiècle.net.

Trata-se de um número recorde de assinaturas para uma petição na internet na França. Em 2016, uma petição contra a reforma trabalhista de François Hollande obteve 1,37 milhão de assinaturas no site change.org. 

Um petição a favor da redução do preço do combustível, que em novembro deste ano originou o movimento dos "coletes amarelos", obteve 1,17 milhão de assinaturas.



Para garantir a validez dos apoios e evitar que alguém assine várias vezes, as impulsoras da iniciativa verificam as assinaturas através dos e-mails pessoais.

Justiça

Este sucesso se deve "a que não se trata de uma simples petição, mas a de uma forma de apoiar um recurso jurídico", explica Jean-François Julliard, diretor-geral do Greenpeace.

As quatro ONGs querem levar o Estado francês à justiça, visto que consideram insuficientes suas políticas contra as mudanças climáticas.

Em 17 de dezembro, estas organizações apresentaram uma "queixa preliminar" ao governo francês e ao presidente Emmanuel Macron. O Estado tem dois meses para responder e depois as ONGs pranejam apresentar, provavelmente em março, uma ação judicial perante o tribunal administrativo de Paris.

"A busca de um impacto real motiva as pessoas", considera Jean-François Julliard.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM