Jornal do Commercio
Saúde

Urologistas explicam os benefícios da cirurgia robótica no tratamento do câncer de próstata

Tecnologia reduz índices de incontinência urinária e impotência no pós-operatório

Publicado em 26/11/2016, às 08h23

Hospital Santa Joana Recife contabiliza 40 cirurgias robóticas para tratamento do câncer de próstata desde abril deste ano / Cláudia Araújo/Divulgação
Hospital Santa Joana Recife contabiliza 40 cirurgias robóticas para tratamento do câncer de próstata desde abril deste ano
Cláudia Araújo/Divulgação
Cinthya Leite

Na década de 1970, a cirurgia para tratar o câncer de próstata já era considerada o principal procedimento para curar a doença. A questão é que, entre os pacientes que sobreviviam à operação, 90% ficavam com incontinência urinária e praticamente 100% relatavam impotência sexual. Com o passar dos anos, a cirurgia evoluiu e proporcionou queda dos índices dessas complicações pós-operatórias temidas pelos homens com o tumor.

Essa história é contada pelo médico Misael Wanderley Júnior, chefe do setor de urologia do Hospital Esperança Recife – um dos que, na capital pernambucana, inauguraram recentemente a era dos robôs para proporcionar melhor qualidade de vida aos homens que lutam contra um tumor que (ainda) mata 25% dos pacientes.

Os urologistas habilitados a realizar a cirurgia robótica são unânimes ao garantir que a maior vantagem do procedimento é a precisão, em comparação à cirurgia aberta (que faz grandes cortes) e à laparoscópica, outro tipo de operação minimamente invasiva, mas que exige manipulação das pinças pelo cirurgião. Pela robótica, o médico comanda o procedimento a partir de uma mesa de controle – os instrumentos se movem de acordo com os comandos a distância; as imagens do corpo do paciente são vistas de forma ampliada, com nitidez e percepção de profundidade sem abrir o abdome.



“A robótica dá mais liberdade para fazermos movimentos durante a cirurgia. É um procedimento que diminui tempo de internamento, risco de sangramento e de infecção. Há pouca agressão cirúrgica e menor trauma”, esclarece Misael. Ele acrescenta que hoje, nos Estados Unidos, 90% das cirurgias para câncer de próstata são feitas pelo robô. “É um caminho sem volta.”

SEM COBERTURA

Aqui no Brasil, a realidade é diferente – pelo menos, por enquanto. Os planos de saúde não cobrem o procedimento, que tem custo elevado. Somente cinco Estados (SP, RS, RJ, CE e PE) contam com essa tecnologia. “A expectativa é de que, no futuro, os robôs estejam no serviço público, que hoje tem outras prioridades. Mas certo mesmo é que a robótica preserva, em 90% dos casos de câncer de próstata, a ereção. E esse é o maior desejo de quem tem indicação cirúrgica para tratar a doença. Pela videolaparoscopia, esse percentual fica entre 50% e 60%”, frisa o médico Guilherme Lima, coordenador do Serviço de Cirurgia Robótica em Urologia do Hospital Santa Joana Recife. Enquanto a cirurgia robótica ainda tem um alcance limitado, é importante passar a mensagem de que as outras operações, quando bem indicadas e conduzidas, também são eficazes para curar o tumor.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM