Jornal do Commercio
prisão

Ex-dono da empresa Lousano é preso no Aeroporto do Recife

Ele foi condenado, em 2003, por sonegação fiscal, formação de quadrilha e obtenção mediante fraude de financiamento em instituição financeira

Publicado em 30/12/2013, às 11h29

Do JC Online

Foto: Divulgação/Polícia Federal

O ex-dono da empresa Lousano, o empresário Pascoal Grassioto, 62 anos, foi preso no último domingo (29), no Aeroporto Internacional do Recife. A prisão de Grassioto ocorreu porque constava um mandado de prisão expedido pela Justiça Federal de São Paulo com validade até 03/08/2019. Às 13h, ele tentava embarcar para os Estados Unidos, para participar do casamento de seu filho, num voo da Copa Airlines. 

O empresário foi levado até a sede da Superintendência da Polícia Federal, no Cais do Apolo, para realizar os procedimentos policiais. Depois foi conduzido até o IML para fazer exame de corpo de delito e em seguida encaminhado para o Cotel, em Abreu e Lima, onde ficará à disposição da Justiça Federal de São Paulo.

Ele foi condenado, em 2003, por sonegação fiscal, formação de quadrilha e obtenção mediante fraude de financiamento em instituição financeira. Entretanto, o empresário forneceu seis endereços e os oficiais de justiça não o encontraram em nenhum deles. A pena alternativa sentenciada na época acabou convertida em privativa de liberdade por 3 anos e 4 meses de reclusão. Oficialmente, Grassioto estava foragido.



ENTENDA O CASO - No dia 23/04/2003 uma denúncia de porte de maconha com o consultor da empresa Lousano levou o DENARC/SP (Departamento de Investigação Sobre Narcóticos) a descobrir um caso de sonegação fiscal. Em vez da droga, no porta mala do carro encontraram um pacote com 2.500 notas fiscais frias da Lousano. Ao seguirem para o endereço da gráfica que imprimia o material, na zona norte de São Paulo foi encontrado outras 2.500 notas frias. Oito pessoas foram presas entre elas o dono da empresa PASCOAL GRASSIOTO, sob acusação de sonegação fiscal e formação de quadrilha. Segundo o DENARC, a Lousano havia emitido pelo menos, 15 mil notas fiscais frias em apenas dois meses.

LOUSANO - A Lousano Indústria de Condutores Elétricos Ltda. foi fundada em 5 de maio de 1967 pelo Sr. Antônio Lousano com a finalidade de produzir condutores elétricos e eletrônicos para o mercado da construção civil. Com o empresário Pascoal Grassioto à frente da empresa desde 1984, a Lousano tornou-se uma das maiores e mais representativas empresas de atuação no mercado. Hoje, a empresa está falida.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM