Jornal do Commercio
Homicídio

Após estuprar e matar esposa com vaso sanitário, homem se entrega à polícia, mas é liberado

Suspeito foi até uma igreja evangélica, logo em seguida ao crime, onde conversou com um pastor

Publicado em 27/02/2015, às 07h50

Suspeito arrastou a jovem para um terreno baldio perto da casa onde moravam / Foto: Reprodução/TV Jornal
Suspeito arrastou a jovem para um terreno baldio perto da casa onde moravam
Foto: Reprodução/TV Jornal
Do JC Online

Um homem de 31 anos se entregou à polícia na noite dessa quinta-feira (26) momentos após ter estuprado e matado a esposa  em Igarassu, no Grande Recife. De acordo com informações da Polícia Civil, após uma discussão por ciúmes, Paulo Roberto Rodrigues dos Santos arrastou a esposa Ana Carla Rodrigues da Silva, de 23 anos, para um terreno baldio perto da casa onde moravam, no bairro Alto do Céu II. No local, ele estuprou a jovem e, com um pedaço de um vaso sanitário quebrado, deu um golpe no pescoço dela, que morreu no local.

Ainda segundo a polícia, logo em seguida ao crime, Paulo Roberto foi até uma igreja evangélica onde conversou com um pastor e se disse arrependido. De lá, o suspeito foi até o Departamento de Homicídios e de Proteção a Pessoa (DHPP), no Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, onde confessou o crime. Após prestar depoimento, ele foi liberado e responderá o processo em liberdade. "Por ter ser apresentado de forma espontânea e confessado o crime, Paulo poderá responder ao processo em liberdade. No entanto, isto não impede a decretação de uma prisão preventiva", explica o delegado.



O delegado informou ainda que o casal possuía histórico de violência e Paulo já havia ameaçado a sogra com um revólver, além de ter sido preso duas vezes por roubo.

O corpo de Ana Carla foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. O Instituto de Criminalística fez uma perícia no local do homicídio. O caso foi registrado pelo delegado Bruno Maia, do Departamento de Homicídios e de Proteção a Pessoa (DHPP), mas ainda será designado um delegado para investigar o caso.

Assista a matéria da TV Jornal sobre o caso:




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM