Jornal do Commercio
INVESTIGAÇÃO

Busca por suspeitos de explodir bancos em Porto de Galinhas continua neste fim de semana

Bandidos investiram contra dois bancos, deixando rastro de medo e destruição em um dos maiores pontos turísticos do Nordeste

Publicado em 04/02/2017, às 12h19

Os bandidos deixaram um grande rastro de destruição em um dos maiores destinos turísticos do Estado  / Foto:Diego Nigro/JC Imagem
Os bandidos deixaram um grande rastro de destruição em um dos maiores destinos turísticos do Estado
Foto:Diego Nigro/JC Imagem
JC Online

A busca pelos criminosos responsáveis pela investida criminosa que aconteceu nessa sexta-feira (3) na Praia de Porto de Galinhas, no Litoral Sul do Estado, continua neste final de semana. A informação é do delegado Alberes Félix, responsável pelas investigações.

"O trabalho não para. Temos uma equipe da Polícia Civil e outra da Polícia Federal trabalhando em conjunto nas investigações. Eles estão recolhendo indícios que nos levem até a localização dos suspeitos", afirmou o delegado. 




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

MEDO

Moradores e turistas amanheceram assustados após uma madrugada de medo e destruição. Pelo menos 20 bandidos participaram da investida contra o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal por volta das 2h45. Nove pessoas foram feitas reféns e seis carros (sendo três viaturas da PM) foram metralhados pelos suspeitos, que utilizaram armamento pesado durante a ação.

A explosão dos caixas eletrônicos causou um incêndio, que destruiu cerca de 12 lojas de uma feira de artesanato local. Até o momento, ninguém foi preso e as autoridades desconhecem o destino tomado pelos suspeitos. 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM