Jornal do Commercio
NEGLIGÊNCIA

Menina de 2 anos é internada em Olinda com larvas na cabeça

A criança passou por cirurgia nesse domingo (22) e está sendo acompanhada pelo pai

Publicado em 23/10/2017, às 06h59

A menina está internada no Hospital Tricentenário, em Olinda / Foto: Fernando da Hora/JC Imagem
A menina está internada no Hospital Tricentenário, em Olinda
Foto: Fernando da Hora/JC Imagem
JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Atualizada às 15h34

Uma criança de dois anos está internada no Hospital Tricentenário, em Olinda, no Grande Recife, após ser encontrada com larvas de mosca da cabeça, nesse domingo (22). A menor está sendo acompanhada pelo pai e não tem previsão de alta.

Segundo o Conselho Tutelar, a criança mora com a mãe e a irmã na periferia de Olinda, num imóvel aparentemente bem cuidado. "É um caso bem atípico. Os outros tinham relação com as condições de moradia. Nessa situação houve uma certa negligência. Ela relatou que estava cuidando, que chegou a levar a menina para o hospital antes mas teve que voltar no domingo", afirma o conselheiro tutelar Roberto Santana.



Um boletim de ocorrência será registrado na manhã desta segunda-feira (23) para apurar se houve negligência ou maus tratos. A mãe da menina pode responder por negligência. Este é o quarto caso deste tipo só este ano em Olinda. As vítimas estão sendo acompanhadas pelo conselho tutelar.

Larvas na cabeça

A Míliase é doença produzida pela infestação de larvas de moscas e teria começado depois do surgimento de piolhos na cabeça da menina. A criança foi submetida a um procedimento de limpeza e está sendo medicada na unidade de saúde. Sem previsão de alta, ela deve permanecer internada até, no mínimo, esta sexta-feira (27).


Palavras-chave


Comentários

Por FERNANDES,23/10/2017

Esse pessoal coloca filho no Mundo sem ter condição e nem responsabilidade, esse tipo de pessoas que não tem condição e nem responsabilidade consigo próprio , inventa de colocar filho no Mundo para esta passando por uma condição de falta de higiêne e privações.

Por Andrea,23/10/2017

Que tipo de ser é este que deixa a própria filha desenvolver larvas na cabeça ? NADA JUSTIFICA A FALTA DE CUIDADO,DE AMOR, DE ATENÇÃO,DE CARINHO COM UMA CRIANÇA INDEFESA.Se fosse Num país sério esta "mãe" perdia a guarda dos filhos , SERIA PRESA POR NEGLIGÊNCIA E MAUS TRATOS. E se dependesse de mim SERIA PROIBIDA DE GERAR MAIS FILHOS !



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM