Jornal do Commercio
BR-101

Procurado desde 2010, suspeito de homicídio é preso no Cabo

Homem era procurado desde setembro de 2010 e foi preso na BR-101

Publicado em 14/02/2018, às 09h05

Homem foi preso pela PRF / Foto: Divulgação/PRF
Homem foi preso pela PRF
Foto: Divulgação/PRF
JC Online

Um homem suspeito praticar um homicídio foi preso nesta terça-feira (13) na cidade do cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Ele era procurado desde setembro de 2010.

A prisão foi realizada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O homem de 40 anos, que não teve a identidade revelada, dirigia um veículo pela rodovia BR-101 quando foi parado em uma fiscalização no quilômetro 98 da estrada.



Prisão

O carro era ocupado por um casal e o homem entregou os documentos aos policiais. Ao verificar a documentação, a PRF constatou que o homem era procurado desde setembro de 2010 pelo crime de homicídio.

Questionado, o homem respondeu que havia sido denunciado injustamente. Mesmo assim, o homem foi detido e levado até a delegacia de Polícia Civil da cidade, onde os policiais confirmaram a prisão.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM