Jornal do Commercio
PRISÃO

Suspeito de matar vizinho a facadas é preso em Bom Conselho

Segundo as investigações, o acusado tinha uma rixa com a vítima por causa de um esgoto

Publicado em 09/03/2018, às 17h13

O acusado foi encaminhado para a cadeia pública de Bom Conselho, onde ficará à disposição da Justiça / Foto: Reprodução/Google Maps
O acusado foi encaminhado para a cadeia pública de Bom Conselho, onde ficará à disposição da Justiça
Foto: Reprodução/Google Maps
JC Online

O homem acusado pela polícia de ter matado um vizinho a facadas em Bom Conselho, Agreste de Pernambuco, foi preso ao se apresentar na delegacia nesta sexta-feira (9). Havia um mandado de prisão em aberto e ele já era considerado foragido.

Segundo as investigações da Polícia Civil, Valter Pinto da Rocha Júnior, conhecido como Galo Cego, de 38 anos, matou Gilberto Rodrigues da Silva, de 58, no dia 22 de fevereiro deste ano. Ainda de acordo com a polícia, o acusado tinha uma rixa com a vítima por causa de um esgoto, e, ao ver seu desafeto no matadouro público da cidade, se aproximou e desferiu várias facadas nele.



Existe a informação que Galo Cego faz uso de medicamentos para problemas mentais e havia ingerido bebida alcoólica no dia do homicídio.

O suspeito foi encaminhado para a cadeia pública do município, onde ficará à disposição da Justiça. 





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM