Jornal do Commercio
AGRESTE

Tragédia de Jataúba: condutor procura polícia para esclarecer acidente

No acidente morreram quatro pessoas da mesma família, incluindo um bebê de sete meses. O motorista ainda será ouvido pela polícia

Publicado em 16/04/2018, às 16h23

Os advogados entraram em contato com a delegacia de Jataúba para que seu cliente esclareça o ocorrido / Foto: Cortesia
Os advogados entraram em contato com a delegacia de Jataúba para que seu cliente esclareça o ocorrido
Foto: Cortesia
JC Online

O motorista do veículo que foi arrastado pela correnteza, deixando quatro vítimas fatais, em Jataúba, Agreste de Estado, entrou em contato com a Polícia Civil nesta segunda-feira (16). O homem, identificado como Lulinha, sua esposa, a filha dela, o genro e a neta estavam indo para Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste, quando o incidente aconteceu.

De acordo com a polícia, Lulinha estava desaparecido desde o momento do acidente, na noite do último sábado (14). Os advogados entraram em contato com a delegacia de Jataúba para que seu cliente esclareça o ocorrido.

Até o momento, pelo menos três testemunhas já prestaram depoimento. A informação repassada por elas é de que outros carros, que estavam passando pelo mesmo local, pararam na pista e ficaram aguardando a água baixar. Já o carro dirigido por Lulinha, Hilux, avançou pelo alagado.

A polícia deve ouvir o motorista e esclarecer se houve negligência, mas ainda não marcou uma data para o encontro. Inicialmente, Lulinha poderia prestar seu depoimento nesta segunda, mas as autoridades acharam mais prudente aguardar até que o homem esteve mais calmo para contar sua versão dos fatos. As vítimas foram sepultadas na tarde desta segunda-feira (16), em Santa Cruz do Capibaribe.

Relembre

Um veículo com cinco pessoas foi arrastado por uma correnteza, ocasionada pelas fortes chuvas no Agreste de Pernambuco. O incidente, que ocorreu por volta das 22h do sábado (15), no município de Jataúba, a 220 quilômetros do Recife, matou quatro pessoas da mesma família, inclusive um bebê de 7 meses. 



As vítimas seguiam em direção a Santa Cruz do Capibaribe, na mesma região, onde residem, quando se depararam com a enchente. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista tentava atravessar um riacho no Sítio Umburanas, quando o automóvel foi levado pela água, o que fez com que ele perdesse o controle da direção do carro, de modelo Hilux.

Lulinha não estava mais no local quando os bombeiros chegaram. Segundo testemunhas informaram aos agentes, o homem saiu do veículo com vida. A água que invadiu o automóvel afogou a esposa dele, identificada como Marlene Maria dos Santos Lemos, de 49 anos.

Também afogou os passageiros Anderson Antônio dos Santos Lemos, 23, a esposa Clésia Queiroz Lemos, 19, e a filha do casal, Ana Clara Queiroz Lemos, de 7 meses, que são enteado, nora e neta do motorista, respectivamente.  

O Corpo de Bombeiros retirou os passageiros do carro já sem vida. Todas as vítimas foram encaminhadas ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM