Jornal do Commercio
Estupro

Mãe é indiciada por ser conivente com abuso da filha no Sertão

De acordo com a PM, a mãe da criança de 11 anos induzia a menina a pegar dinheiro e presentes com o ex-vereador suspeito

Publicado em 25/04/2018, às 21h24

O ex-vereador José Adone foi preso no último dia 12 acusado de estupro / Foto: Reprodução
O ex-vereador José Adone foi preso no último dia 12 acusado de estupro
Foto: Reprodução
JC Online

Uma mãe foi indiciada após ser conivente com diversos abusos sexuais que foram praticados contra sua filha, uma menina de 11 anos e com histórico de problemas mentais, na cidade de Santa Tereza, no Sertão do Estado. De acordo com a Polícia Militar, a criança era abusada por um  ex-vereador da cidade.

Segundo a Polícia Civil, durante a investigação foi constatado que a mãe da criança induzia a menina a pegar dinheiro e presentes com o ex-vereador José Adone Batista de Brito. A mãe facilitava o encontro entre o abusador e a criança. A denúncia de abuso foi formalizada pelo Conselho Tutelar da cidade.



Segundo a polícia, a genitora pode ser condenada a uma pena de quatro a dez anos por facilitar a exploração sexual de vulnerável. Pelo fato da mulher ser mãe da vítima, a pena pode ser a pena aumentada em até metade do tempo.

Prisão

O ex-vereador José Adone foi preso suspeito de estupro de vulnerável, no dia 12 de abril,  e encaminhado à Cadeia Pública de São José do Egito, também no Sertão. 

De acordo com a PM, o crime teria ocorrido diversas vezes no consultório do homem, que também era protético. 



Comentários

Por celia,26/04/2018

Isso é gente é ? Só a misericórdia

Por Helder Caires,26/04/2018

Prisão perpétua para os dois. Precisamos mudar a lei penal, urgente. Só os políticos não veem isso.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM