Jornal do Commercio
VIOLÊNCIA

Fotógrafo é preso por estupro de crianças em Olinda

O fotógrafo, que tinha um estúdio na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, responde por dois mandados de prisão por estupro de vulnerável

Publicado em 11/05/2018, às 16h48

Ele ainda é investigado por mais uma denúncia de estupro de vulnerável, que também aconteceu dentro do estúdio fotográfico / Foto: Reprodução/Facebook
Ele ainda é investigado por mais uma denúncia de estupro de vulnerável, que também aconteceu dentro do estúdio fotográfico
Foto: Reprodução/Facebook
JC Online

Um fotógrafo foi preso nesta sexta-feira (11), acusado pelo crime de estupro de vulnerável. De acordo com o delegado Thiago Uchôa, responsável pelo cumprimento do mandado de prisão, o rapaz foi preso no bairro de Jardim Brasil, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, após uma denúncia recebida pela polícia sobre a localização dele.

O homem, identificado como René da Silva Cabral, de 53 anos, natural do Rio de Janeiro, responde por dois mandados de prisão pelo mesmo crime. Segundo a Polícia Civil ainda há uma terceira denúncia de estupro, praticada por ele, que está sendo investigada.

Ele era proprietário de um estúdio de fotografia, na Avenida Presidente Kennedy, no bairro de Peixinhos, na mesma cidade onde foi preso. A denúncia registrada por mães das vítimas no final do ano passado, conta que René aliciava as crianças durante a sessões fotográficas.



“Após o acontecido, ele saiu do bairro, e se mudou para Jardim Brasil, onde foi preso”, conta o delegado.

Encaminhado ao Cotel

A assessoria da corporação conta que “a equipe de policiais civis investigava o tráfico de drogas na localidade de Passarinho, quando recebeu informações de que uma pessoa acusada de estupro estava localizada em Olinda”. Os agentes conseguiram localizar o acusado e efetuar a prisão.

René foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, onde responderá pelo crime cometido.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM