Jornal do Commercio
PORNOGRAFIA INFANTIL

Operação em PE prende suspeitos de compartilhar pornografia infantil

Nos computadores dos suspeitos foram encontrados vídeos e fotos com conteúdos ponográficos envolvendo crianças e adolescentes

Publicado em 17/05/2018, às 09h15

Peritos identificaram os conteúdos de pornografia infantil durante a operação, que prendeu quatro pessoas em flagrante no Grande Recife / Foto: Sério Bernardo/JC Imagem
Peritos identificaram os conteúdos de pornografia infantil durante a operação, que prendeu quatro pessoas em flagrante no Grande Recife
Foto: Sério Bernardo/JC Imagem
JC Online
Com informações da Agência Brasil

Atualizada às 10h19

Cinco pessoas foram presas em flagrante nesta quinta-feira (17) durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação ''Infância Segura'', na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Civil (PC), o grupo compartilhava e guardava materiais pornográficos de conteúdo infanto-juvenil em dispositivos informáticos.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Segundo o chefe da Polícia Civil, Joselito do Amaral, foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão durante a operação, que prendeu em flagrante cinco suspeitos. ''No momento da ação, os computadores dessas pessoas foram analisados pelos peritos e muitos materiais foram encontrados. Por isso, cinco pessoas foram presas em flagrante, dentro do artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente, sem terem o direito a fiança”, explicou.

Além dos homens presos por possuírem conteúdos pornográficos, a PC também prendeu uma sexta pessoa, suspeita de pirataria. Todo esse grupo, segundo a polícia, foi mapeado e identificado pelo Endereço de Protocolo de Internet (IP), de seus respectivos computadores, desde o início das investigações, em março deste ano. 

Ainda de acordo com Joselito, existe a possibilidade dos suspeitos terem participado de algum ato sexual com crianças e adolescentes. ''Esses pedófilos podem ter registrado em fotos e vídeos os atos com crianças e adolescentes, por isso, está sendo feito uma triagem e todo o banco e arquivo de dados, que é muito grande, passará por uma perícia''.

A investigações apontam que a troca de compartilhamento desses conteúdos foram feitos a nível, estadual, nacional e internacional. Todos os materiais de informática recolhidos na operação, junto com os presos, foram encaminhados para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), na Madalena.

Essa foi a 15° Operação de Repressão Qualificada, que faz parte de outra ação nacional chamada de “Luz na Infância”. Toda a deflagração foi coordenada pela DIRESP, sob a supervisão geral da Polícia Civil.

Presos na Bahia

Do jornal Correio para a Rede Nordeste

A Polícia Civil da Bahia participa da Operação Luz da Infância 2, megaoperação nacional liderada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública, em combate à pedofilia. No estado baiano, estão sendo cumpridos 26 mandados de busca e apreensão nas cidades de Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Poções, Camacã, Ilhéus, Itagimirim e na Ilha de Itaparica. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante.

Segundo informações da Polícia Civil, os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP), com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.



Esse conhecimento produzido durante quatro meses foi repassado às Polícias Civis – em especial delegacias de proteção à criança e ao adolescente e repressão a crimes informáticos – que instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais a expedição dos mandados.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, as equipes procuram arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. A força-tarefa ocorre desde as primeiras horas da manhã, num total de 24 estados, além do Distrito Federal. Outras informações serão divulgadas ao longo do dia.

Já a Polícia Federal cumpre cinco mandados de busca e apreensão, visando combater os crimes de pornografia infantil na internet. São quatro mandados em Salvador e um em Alagoinhas. Cerca de 25 policiais federais participam da operação, cujo objetivo é a localização e apreensão de dispositivos informativos com suspeita de terem sido utilizados para compartilhamento de conteúdo de pornografia infanto-juvenil através da internet.

A ação da Polícia Federal foi realizada nesta data em razão da deflagração, também hoje, da Operação Luz da Infância 2, coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Até o momento três pessoas foram presas em flagrante.
Os envolvidos devem responder pelo crime do artigo 241-A da Lei 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê penas de 3 a 6 anos de reclusão e multa.

Leia a matéria original no Correio

Operação Luz na Infância

O Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) deflagrou, nesta quinta-feira (17), a Operação Luz na Infância 2. Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

De acordo com nota do ministério, suspeitos já estão sendo presos em flagrante. Os alvos foram identificados por meio de material obtido em ambientes virtuais. De acordo com os investigadores, esse material representa “indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva”.

A operação está sendo deflagrada em parceria com as Polícias Civis do Distrito Federal e de 24 estados, incluindo Pernambuco.

 



Comentários

Por CIDADÃ,17/05/2018

Concordo contigo Aldir! Deveriam ter os membros extirpados, esses sebosos! Tenho certeza que nunca mais voltariam a cometer estes crimes.

Por aldir,17/05/2018

cadeia para pedofilo é pouco. lixo! pedofilo e estupradores são lixo



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM