Jornal do Commercio
GARANHUNS

Vizinho acusado de matar jovem de 18 anos planejou crime, diz polícia

O corpo da jovem foi encontrado amarrado e sem roupas em um matagal. O vizinho afirmou que mantinha um relacionamento extraconjugal com ela

Publicado em 04/06/2018, às 12h29

De acordo com o delegado Luiz Bernardo, da seccional de Garanhuns, o suspeito chegou a participar das buscas pela jovem junto com o marido dela, com o intuito de desviar o rumo das investigações / Foto: Cortesia
De acordo com o delegado Luiz Bernardo, da seccional de Garanhuns, o suspeito chegou a participar das buscas pela jovem junto com o marido dela, com o intuito de desviar o rumo das investigações
Foto: Cortesia
JC Online

O homem preso suspeito de ter matado e amarrado a jovem Maria Jaqueline da Silva, em Garanhuns, no Agreste do Estado, teria premeditado o crime. A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (4), que o vizinho da vítima confessou o crime com frieza. A jovem de 18 anos estava desaparecida desde a terça-feira (29).

O corpo de Maria Jaqueline foi encontrado amarrado e sem roupas na sexta-feira (1º), em um matagal no bairro onde os dois residiam. Segundo o delegado Caio Morais, da Delegacia Especializada na Apuração da Homicídios (DEAH), após diversos interrogatórios e álibis falsos, Marcelo José Bezerra da Silva, de 28 anos, confessou o crime. “Tudo o que ele dizia a gente ia checar, todos os álibis que ele levantava nós íamos atrás. Até que não tinha mais como se eximir da responsabilidade e ele acabou confessando. Contou onde o corpo estava, como o corpo estava e como aconteceu o fato criminoso”, afirma.

O suspeito informou à polícia que mantinha um relacionamento extraconjugal com a vítima e que ela queria que ele acabasse o casamento com a esposa para ficarem juntos. Ele ainda informou que no dia do desaparecimento, Maria Jaqueline teria ameaçado contar sobre o caso à esposa de Marcelo José, o que teria motivado o crime.

De acordo com o delegado Luiz Bernardo, da seccional de Garanhuns, o suspeito chegou a participar das buscas pela jovem junto com o marido dela, com o intuito de desviar o rumo das investigações.



Após a prisão preventiva decretada, ainda na sexta-feira (1º), Marcelo José foi encaminhado para a Cadeia Pública de Saloá, também no Agreste do Estado. Ele vai responder por crime de Feminicídio. 

Relembre

O corpo de uma jovem que estava desaparecida há três dias foi encontrado na manhã desta sexta-feira (1º), em Garanhuns, no Agreste de de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima foi identificada como Maria Jaqueline da Silva.

O corpo de Maria Jaqueline da Silva foi encontrado com mãos e pés amarrados em um matagal próximo à sua residência. Ela estava sem roupas e amarrada em uma árvore. A polícia ainda informou que a jovem foi morta no dia de seu desaparecimento e que na mesma data a mãe e o esposo dela denunciaram seu desaparecimento.

A irmã da vítima, Patrícia Silva, informou que o esposo de Jaqueline foi quem encontrou o corpo enquanto fazia buscas com um grupo de pessoas.

 





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM