Jornal do Commercio
ABUSO

Suspeito de abusar crianças e adolescentes é preso no Agreste

O suspeito convidava as vítimas para a própria casa, oferecendo dinheiro para elas

Publicado em 15/08/2018, às 15h06

As investigações foram iniciadas no dia 30 de julho após uma adolescente de 13 anos fazer uma denúncia contra o suspeito / Foto: Reprodução/ Google Street View
As investigações foram iniciadas no dia 30 de julho após uma adolescente de 13 anos fazer uma denúncia contra o suspeito
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online

Um suspeito de abusar crianças e adolescentes foi preso na Avenida Cândido Alexandre, em Calçado, Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, Alberto de Lima Filho, de 39 anos, convidava as vítimas, com idade entre 11 e 13 anos, para a própria casa, oferecendo dinheiro caso elas aceitassem a ida à residência.



Alberto foi preso na manhã dessa terça-feira (14). As investigações foram iniciadas no dia 30 de julho após uma adolescente de 13 anos fazer uma denúncia contra o suspeito. No decorrer das investigações, os policiais descobriram outras vitimas, totalizando cinco até agora.

Prisão

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso por estupro de vulnerável e encaminhado para a delegacia do município.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM