Jornal do Commercio
Fatalidade

Criança é encontrada morta no quintal de casa no Cordeiro

Segundo a polícia, o menino de 9 anos foi visto pela mãe com um fio no pescoço, que também estaria preso em uma árvore

Publicado em 16/08/2018, às 22h59

A polícia ainda não sabe se a criança cometeu suicídio ou se foi vítima de um acidente doméstico. Caso segue sob investigação / Foto: Reprodução / TV Jornal
A polícia ainda não sabe se a criança cometeu suicídio ou se foi vítima de um acidente doméstico. Caso segue sob investigação
Foto: Reprodução / TV Jornal
JC Online

Um garoto de 9 anos foi encontrado desacordado no quintal de casa onde morava com a família, nessa quarta-feira (15), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. O menino chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu nesta quinta-feira (16). Segundo a Polícia Militar (PM), ele foi visto pela mãe com um fio no pescoço, que estaria preso em uma árvore. 

A criança foi socorrida pela mãe para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Torrões e, em seguida, foi transferida para um hospital particular na Ilha do Leite, onde faleceu. Ainda de acordo com a PM, uma perícia foi realizada no quintal onde o garoto foi encontrado. 



A polícia ainda não sabe se a criança cometeu suicídio ou se foi vítima de um acidente doméstico. A advogada e amiga da família, Yeda Barbosa, afirmou que o garoto gostava de interagir nas redes sociais e teria, inclusive, um canal no YouTube. Ela acredita em acidente doméstico, mas não descarta a possibilidade da criança ter sido vítima do jogo Baleia Azul ou algo semelhante.

Jogo Baleia Azul

 O jogo Baleia Azul é disputado nas redes sociais e atrai, em sua maioria, crianças e adolescentes. Em algumas etapas, o participante é desafiado a praticar a automutilação e até mesmo cometer suicídio.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM