Jornal do Commercio
Feminicídio

Ex-marido suspeito de matar policial é preso na Paraíba

Aline Ribeiro de Araújo, de 31 anos, foi encontrada morta dentro de casa com duas perfurações de bala

Publicado em 12/09/2018, às 19h28

Na casa do suspeito foram encontrados o celular e arma de Aline, que serão periciados / Foto: Arquivo Pessoal
Na casa do suspeito foram encontrados o celular e arma de Aline, que serão periciados
Foto: Arquivo Pessoal
JC Online

O ex-marido da policial Aline Ribeiro de Araújo foi preso nesta quarta-feira (12) na cidade de Pombal, na Paraíba. Francielio Formiga de Lima, de 30 anos, é suspeito de ter assassinado a soldado da Polícia Militar de Pernambuco com dois tiros nessa segunda-feira (10) no município de Tuparetama, no Sertão do Estado. 

De acordo com a Polícia Civil, Fracielo foi preso em sua casa, no município de Pombal, onde foram encontrados o celular e arma de Aline, que serão periciados. O crime teria sido motivado por ciúmes. Aline, de 31 anos, foi casada com Francielio durante cinco anos, depois de dois anos de namoro. O casal teve uma filha, hoje com três anos de idade.

O crime

Segundo a polícia, o ex-companheiro de Aline atirou duas vezes com a arma de fogo da soldado. O corpo da policial foi encontrado na madrugada da terça-feira (11) por uma funcionária de Aline que foi até a residência a pedido da mãe da vítima, angustiada com a falta de notícias da filha.



A polícia foi acionada e verificou que a arma e o celular de Aline haviam sido levados do local. Também foram encontradas luvas cirúrgicas que estavam próximas ao corpo, indicado uma possível premeditação do crime.

Imagens de um estabelecimento comercial, que fica ao lado da casa onde Aline foi morta, flagrou o momento em que uma pessoa pula o muro da residência. As gravações foram levadas ao Instituto de Criminalística (IC) para análise, onde constatado que se tratava de Francielio Formiga.  

Aline era lotada no 23°BPM e fazia parte dos quadros da PMPE há menos de três anos. As investigações foram conduzidas pelo delegado Alisson Nunes Elampio, titular da delegacia de Tuparetama.


Palavras-chave


Comentários

Por Wendell,13/09/2018

Mas como uma pessoa adentra na casa pega a arma e atira.será que ela deixou o mesmo entrar em sua residência.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM