Jornal do Commercio
RESULTADOS

Pernambuco registrou mais de sete mil roubos em agosto

Em comparação com o mesmo período do ano passado, o estado teve queda de 32,96% nos roubos

Publicado em 12/09/2018, às 11h40

Mesmo com o alto índice, esses tipos de crimes chegaram ao menor patamar desde abril de 2015 / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mesmo com o alto índice, esses tipos de crimes chegaram ao menor patamar desde abril de 2015
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
JC Online

Dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) nesta quarta-feira (12) mostram que Pernambuco registrou em agosto o menor número de roubos dos últimos três anos. O estado acumula 12 meses de queda nas modalidades criminosas voltadas para a subtração de bens e valores, os chamados Crimes Violentos Contra Patrimônio (CVP), que teve uma redução de 32,96% em um ano. Com isso, esses tipos de crimes chegaram ao menor patamar desde abril de 2015.

Em agosto, foram registrados 7.222 ocorrências criminosas desse tipo contra 10.773 no mesmo mês do ano passado. Segundo a SDS, as quedas de investidas contra ônibus, bancos, roubos de celulares, veículos e carga foram as responsáveis por puxar os números para baixo.

Se tratando deste ano, o número acumulado durante os últimos oito meses registrou uma queda de 23,53%. Do dia 1° de janeiro até agosto de 2018, as ocorrências relacionadas à CVP chegaram a 65.326, ante 85.428 casos relacionados ao mesmo período de 2017.

Agosto também foi o maior mês em 2018 com maior número de de cumprimento de mandados de prisões, chegando a 403. Foram registrados 3.154 flagrante delito e 605 apreensões por ato infracional no último mês. De janeiro a agosto, 21.773 prisões foram efetuadas.  

A Polícia também apreendeu em agosto, 531 armas, aumentando para 4.271 o número nos oitos primeiros meses deste ano. 

Recife e RMR

A Capital pernambucana apresentou uma redução de 32,07% no número desse tipo de crime em agosto. A queda de ocorrências saiu de 3.807 casos no mesmo mês de 2017 para 2.586 neste ano.

No acumulado dos oitos primeiros meses do ano de 2017, onde o número desses crimes chegou a 29.591, a redução em relação a 2018 (22.297 casos) chegou a 24,65%.

A Região Metropolitana do Recife, que correspondem a outros 14 municípios vizinhos, obteve uma queda de 28,30% de agosto deste ano em comparação ao mesmo mês no ano passado. A queda em números dos oitos primeiros meses também caiu, saindo de 25.589 em 2017 para 19.354 em 2018 (-24,37%).

Agreste

De acordo com a Secretaria, essa queda foi registrada em todas as regiões do Estado, tendo o Agreste como a região que quase reduziu pela metade o número desses tipos de crime.

O número de ocorrências em agosto foi de 1.090, contra 2.066 registradas no mesmo mês de 2017, o que representa uma queda de 47,24%.



 Essa redução foi mais tímida se comparado o período do dia 1° de janeiro a agosto deste ano ao do ano passado. Durante esses oito meses, a redução chegou a 24,81%, saindo de 15 mil em 2017 para 11.558 em 2018.

A cidade de destaque na região foi Caruaru, que viu os números de roubos em agosto diminuírem em mais de 60% no comparativo com o mesmo período do ano passado, passando de 857 para 332.

Zona da Mata e Sertão

No sertão, agosto terminou com 349 ocorrências contra 556 do ano passado, uma queda de 37,23%. Já no comparativo dos oito primeiros meses de 2017 e 2018, a redução chegou a 16,45%.

Nas Zonas da Mata, o número de crimes contra o patrimônio caiu 21,48%. O registro em agosto foi de 947 ações contra 1.206 do mesmo mês de 2017.

Comparando com os índices dos oitos primeiros meses, a retração chegou a 19,46%. Em 2017 a Zona da Mata registou mais de 10 mil crimes violentos contra 8 mil este ano.

Celulares, veículos e cargas

Em agosto de 2018 foram registrados 2.864 roubos de aparelhos celulares em Pernambuco, contra 4.749 do mesmo mês de 2017. Para a SDS, a redução foi impulsionada pela ação do programa Alerta Celular, que desde sua implantação recuperou 4.294 aparelhos. Até agosto, foram 24.852 ocorrências desse tipo registradas, contra 34.681 do ano passado.

Os roubos de veículos foram 1.142 em agosto deste ano. Em 2017, foram 1.722 no mesmo mês. De janeiro a agosto de 2018 foram 10.917 registros deste tipo de crime, contra 13.895 no mesmo período de 2017. Já os roubos de carga, foram 487 em agosto deste ano, contra 411 do ano anterior.

Assaltos a ônibus e roubos a banco

De acordo com o relatório da SDS, foram 105 assaltos a ônibus em agosto de 2018. Em comparação a 2017, houve uma redução de 32%, já que foram registrados 155 crimes deste tipo no mesmo mês. No acumulado do ano, foram 634 registros contra 1.134 de 2017 no mesmo período. 

Para os casos investidas contra agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos, foi registrado apenas um caso deste tipo em agosto de 2018. No mesmo mês de 2017, foram 12 caso. O acumulado do ano foram 47 casos, contra 73 do ano anterior.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM