Jornal do Commercio
CNH FALSA

Idoso é preso pela PRF em Moreno com carteira de habilitação falsa

Ele confessou que conseguiu o documento falso com um despachante do Detran de Gravatá, no Agreste de Pernambuco

Publicado em 14/09/2018, às 14h31

O idoso poderá receber pena de dois anos e seis meses de reclusão / Foto: Cortesia/PRF
O idoso poderá receber pena de dois anos e seis meses de reclusão
Foto: Cortesia/PRF
JC Online

Um idoso, de 60 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por uso de documento falso. Ele transitava pela BR 232, em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, nesta sexta-feira (14), quando foi abordado pelos agentes que identificaram a falsificação.

O motorista foi abordado no quilômetro 27 da rodovia, e quando os agentes solicitaram que o idoso apresentasse a documentação pessoal, ele entregou um documento falso, que em seguida foi constatado que os dados eram inválidos. “A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), apresentada chamou a atenção dos policiais rodoviários federais, pois possuía diversas informações conflitantes”, relata a assessoria da  PRF.



Emissão ilegal de documento

Em depoimento, o motorista confessou que o documento não era verdadeiro. De acordo com a corporação, ele informou que obteve o documento por meio de um despachante do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Gravatá, no Agreste de Pernambuco.

O senhor foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Moreno, onde pode receber a pena de dois anos e seis meses de reclusão, e multa. A polícia segue com as investigações para identificar o suspeito de emitir o documento ilegalmente.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM