Jornal do Commercio
ACIDENTE

PM tenta prender agressor e acaba atirando em própria mão no Agreste

O policial acabou atirando na própria perna após o suspeito não obedecer a ordem do efetivo

Publicado em 14/09/2018, às 14h15

A mulher foi agredida pelo suspeito na noite dessa quinta-feira / Foto: Reprodução/ Google Street View
A mulher foi agredida pelo suspeito na noite dessa quinta-feira
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online
Atualizada às 17h54

Um policial militar atirou acidentalmente em si mesmo em Agrestina, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, a polícia foi acionada por uma mulher que foi agredida pelo companheiro na Rua João de Deus. O suspeito não teria respeitado a ordem policial e tentou atropelar o efetivo, que acabou atirando na própria mão.

A mulher foi agredida e sofreu uma tentativa de atropelamento pelo companheiro José Amaro de Souza, de 36 anos, na noite dessa quinta-feira (13). Os policiais deram voz de prisão ao suspeito quando o infrator jogou o veículo em cima do policiamento.



Tiro acidental

Um dos policiais foi atingido pelo carro quando o PM acabou atirando o gatilho na própria mão acidentalmente. O policial foi encaminhado para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, e, depois, foi transferido para o Hospital da Unimed com quadro de saúde estável.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi detido por lesão corporal de natureza grave, sendo encaminhado para Delegacia de Bezerros.


Palavras-chave


Comentários

Por Peterson,14/09/2018

Fiquei imaginando o Policial "atirando o gatilho na própria perna acidentalmente"



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM