Jornal do Commercio
Afogados da Ingazeira

Jovem de 18 anos é presa acusada de torturar adolescente no Sertão

Uma menor de idade foi apreendida suspeita de gravar as agressões, omitir socorro e divulgar os vídeos nas redes sociais

Publicado em 11/10/2018, às 07h51

O caso foi investigado pela Delegacia de Afogados da Ingazeira / Foto: divulgação
O caso foi investigado pela Delegacia de Afogados da Ingazeira
Foto: divulgação
JC Online

A Polícia Civil prendeu uma jovem de 18 anos acusada de torturar e manter uma adolescente em cárcere privado, além de corrupção de menores, no bairro de São Francisco, em Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco. Uma menor de idade foi apreendida suspeita de gravar as agressões, omitir o socorro e divulgar o vídeo nas redes sociais.

De acordo com as informações do Delegado Ubiratan Rocha, responsável pelo caso, a agressão teria sido motivada por ciúmes, pois a adolescente estaria se relacionado com o ex-namorado da suspeita, identificada como Maria Eduarda Viera Gonçalves.  

No vídeo gravado pela menor de idade apreendida, a vítima recebe diversos tapas no rosto, tem os cabelos cortados por Maria Eduarda e é obrigada a tirar a roupa.  



Autuação 

Ainda segundo o delegado Ubiratan Rocha, a suspeita, antes de ser presa, estava intimidando a vítima. “Nesse período de execução de prisão, eu tive conhecimento que elas estavam ameaçando a adolescente, passando pela frente da casa, olhando com olhar duro e fazendo gestos”, contou.

A jovem foi autuada por tortura, cárcere privado, constrangimento e corrupção de menores. Ela foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Buíque, também no Sertão pernambucano.  





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM