Jornal do Commercio
VIOLÊNCIA

Universitário denuncia agressão por homofobia no Recife Antigo

Após o ocorrido, o universitário foi até a Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde registrou um boletim de ocorrência por preconceito, racismo e discriminação

Publicado em 11/10/2018, às 22h39

A agressão ocorreu quando o jovem ia numa das barraquinhas da  Avenida Marquês de Olinda / Foto: Reprodução/ Google Street View
A agressão ocorreu quando o jovem ia numa das barraquinhas da Avenida Marquês de Olinda
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online

Um universitário de 21 anos foi vítima de homofobia no começo da noite desta quinta-feira (11), no bairro do Recife, área central da cidade. Segundo a vítima, que estava no intervalo de seu estágio, localizado no mesmo bairro, ele havia ido comprar um lanche numa das barraquinhas localizadas na Avenida Marquês de Olinda e quando foi atravessar a rua, um homem numa motocicleta parou, fazendo menção de deixá-lo passar e deu uma tapa na cabeça dele - que pegou de raspão.

Além da agressão física, o jovem disse que o motoqueiro ainda gritou algo do tipo: “essa raça vai acabar” e fugiu. O estudante voltou para o local do estágio e começou a chorar, em choque. “Eu já tinha escutado relatos desse tipo de violência, mas nunca tinha acontecido comigo. Provavelmente foi por causa do meu jeito, por homofobia, mas ele que está errado por se incomodar comigo. Isso é inaceitável”, contou por telefone ao Jornal do Commercio.



“Eu não tive reação para nada. Nem para ver a placa da moto. Cheguei no estágio e comecei a chorar quando percebi o que tinha acontecido”, continua.

Polícia

Após o ocorrido, o universitário foi até a Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde registrou um boletim de ocorrência por preconceito, racismo e discriminação.

“Bem eu não tô, mas a gente vai seguindo em frente e lutando”, finalizou o jovem.


Palavras-chave


Comentários

Por Francisco Chico,12/10/2018

Ninguém mais acredita nessas fake news. Em uma semana explodiu a homofobia, intolerância política... Tá de brincadeira, não é? Estão desesperados e passando vergonha.

Por Estevao Lee,12/10/2018

Bom, lá tem câmeras que podem registrar a placa da moto. A polícia,querendo, pega o sem caráter. Fazer isso e fugir é muito fácil, qualquer "homem" que se acha mais HOMEM que um gay faz. Quero ver é ser HOMEM DE VERDADE e enfrentá-los numa parada, sem armas, olho no olho, sozinho. DUUUUUUUUUUUUUUUUUVIDO QUE TENHAM CORAGEM!

Por BRENDO RAMOS,12/10/2018

E O QUE DIZER DO ELEITOR DE BOLSONARO QUE ESFAQUEOU UM MESTRE DE CAPOEIRA ( E ELE ASSUMIU) PORQUE O MESTRE VOTOU NO PT. AQUI NO RECIFE, NUM BAR EM BEBERIBE, A MESMA COISA, COM UMA JOVEM QUE ESTAVA COM UMA CAMISA ESCRITO #ELENÃO E UM BROCHE DE CIRO. FOI BARBARAMENTE ESPANCADA E SÓ NÃO FOI MAIS PORQUE OS GARÇONS A TRANCARAM NO BANHEIRO. VEJA, SÓ NESTES DOIS CASOS, HOUVE TESTEMUNHO. E ISSO TUDO É PROVOCADO PELO CANDIDATO QUE DIZ QUE PREFERIRIA TER UM FILHO MORTO DO QUE HOMOSSEXUAL. ELE DEVERIA SER O EXEMPLO, UMA VEZ QUE DIZ QUERER UNIR O BRASIL, MAS COMO? SE ELE DIVIDE O PAÍS ENTRE ESQUERDA E DIREITA, ALGO QUE O HADDAD NÃO FAZ, ELE PREGA METRALHAR OS PETISTAS, FAZ INDICAÇÃO DISSO NAS MÃOS, ISSO NO PSICOLÓGICO DE GENTE VIOLENTA É A AUTORIZAÇÃO QUE FALTAVA PRA QUERER FAZER "A LIMPEZA" EM NOME DA "MORAL E BONS COSTUMES", ALÉM DE ESCULHAMBAR COM OS NORDESTINOS NO FACE, TUDO ISSO É REAL. UMA VERGONHA. TAL QUAL HITLER FEZ NA ALEMANHA. É PRECISO DAR UM BASTA NISTO. CADÊ O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL PRA PUNIR QUEM ESTÁ PREGANDO ISSO? E O MINISTÉRIO PÚBLICO E A PF PRA DESCOBRIR QUEM ESTÁ COMETENDO CRIMES NAS REDES SOCIAIS?

Por Pedro,12/10/2018

JORNALECO CANALHA E MENTIROSO, MANIPULADOR- OS JORNALISTAS E DIRETORES DESTA IMUNDÍCIE DE JORNALECO NÃO VALEM A MERDA QUE SAI DO CU DO LULA.. JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE QUEM COMETE ESTAS ATROCIDADES SÃO OS PETISTAS COM CAMISAS DO BOLSONARO- ESTE TIPO DE JOGO SUJO E TÍPICO DELES.. VEJA O CARRO OFERECENDO CAPIM PARA OS NORDESTINOS, PETISTAS DE CARTEIRINHA COM CAMISETAS DE BOLSONARO.

Por Alexandre,12/10/2018

O MAIS INTERESSANTE É QUE ATÉ BEM POUCO TEMPO, PRECISAMENTE ATÉ O RESULTADO DO 1º TURNO E PESQUISA DE INTENÇÃO DE VOTOS PARA O 2º TURNO, NINGUÉM LEU, VIU OU OUVIU UMA DENÚNCIA SEQUER SOBRE AGRESSÕES A ESSA "SOFRIDA" CLASSE SOCIAL, "VÍTIMAS" DO MUNDO. AGORA VOCÊ ADENTRA HOJE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA OU PRIVADA E O QUE VÊ É UMA GRANDE MAIORIA DE VAGABUNDOS FUMANDO MACONHA, BEBENDO, FAZENDO PUTEIRO NOS CENTROS ACADÊMICOS, RISCANDO PORTAS DE BANHEIRO, AGREDINDO PROFESSORES E OUTRAS BARBARIDADES, MAS TUDO QUE É SAPATÃO, VEADO, NEGRO, PARDO, AMARELO, BI, HÉTERO OU SEJA LÁ O QUÊ COMEÇOU A APARECER DE OLHO ROXO, CHEIO DE HEMATOMAS E TUDO É CULPA DA DIREITA, É FASCISMO É O BOLSONARO KKKKKKKKK. VÃO PROCURAR UMA LAVAGEM DE ROUPA E ESTUDAR DE MANEIRA SÉRIA CAMBADA DE DESOCUPADOS, NA REALIDADE VOCÊS ESTÃO É COM O FIOFÓ NA MÃO, POIS, SABEM QUE A ÉTICA, A MORALIDADE E OS BONS COSTUMES ESTÃO PARA VOLTAR E SEREM POSTOS EM PRÁTICA POR UMA SOCIEDADE DIGNA E TOTALMENTE FAMÍLIA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM