Jornal do Commercio
OCTANAGEM

Operação mira em grupo voltado aos crimes de sonegação fiscal em Pernambuco

A 63° Operação de Repressão Qualificada, realizada pela Polícia Civil em conjunto com a Secretaria da Fazenda, cumpriu três mandados de prisão

Publicado em 05/12/2018, às 06h20

A Polícia Civil prendeu três empresários que faziam parte de grupos que sonegavam impostos relacionados a combustíveis / Foto: Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil prendeu três empresários que faziam parte de grupos que sonegavam impostos relacionados a combustíveis
Foto: Polícia Civil/Divulgação
JC Online

A 63° Operação de Repressão Qualificada da Polícia Civil, denominada de ‘Octanagem’, foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (05) com o objetivo de prender integrantes de grupos criminosos voltados aos crimes de sonegação fiscal e associação criminosa em Pernambuco. Na operação, três mandados de prisão contra empresários do ramo de distribuição de combustíveis foram cumpridos, além de outros três mandados de busca e apreensão domiciliar, sendo um realizado em Salvador, na Bahia.

Entre os presos, está o empresário baiano Erick Cordeiro de Oliveira, de 45 anos, que foi detido em um hotel em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. De acordo com o Chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral, o empresário seria um dos líderes desse grupo que nos últimos quatro meses de investigação sonegou R$ 16 milhões em impostos (ICMS) sobre combustíveis.

Segundo a polícia, o grupo criminoso realizava a distribuição do etanol que saíam das usinas diretamente para os postos de combustíveis, não havendo direcionamento por distribuidoras e pagamentos dos impostos ao estado. Joselito também afirmou que Erick já teria sido preso em operação realizada na Bahia pelo mesmo crime, onde o desvio chegou a mais de R$ 300 milhões.

As investigações contra essa associação criminosa já vinha acontecendo desde agosto deste ano, informou a Polícia Civil. Durante as apurações sobre esse caso, descobriu-se que as duas distribuidoras que estariam dentro desse esquema, na verdade, não existiam, e que ambas tinham endereço de fachada. 



O desvio relacionado a esse grupo, que atua de forma criminosa desde 2007, pode ter sido ainda maior. Os empresários, que foram detidos temporariamente, tiveram as prisões preventivas solicitadas pela polícia.

Na operação, foram empregados 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Todos os mandados foram expedidos pela Vara Única da Comarca de Glória do Goitá.

Detalhes

A ‘Octanagem’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp) e supervisionada pela Chefia de Polícia Civil. Os detalhes sobre a operação foram divulgados na manhã desta quarta no prédio sede da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deccot), localizada na Rua Imperial, bairro de São José.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM