Jornal do Commercio
VIOLÊNCIA

Ataque a tiros termina com irmã morta e irmão baleado em Gravatá

Segundo testemunhas homens se identificaram como policiais e atiraram contra irmãos, que estavam em veículo com mais três parentes

Publicado em 16/12/2018, às 17h31

Crime ocorreu na Serra das Russas / Foto: Reprodução / Google Street View
Crime ocorreu na Serra das Russas
Foto: Reprodução / Google Street View
JC Online

A Polícia Civil está investigando um ataque a tiros contra dois irmãos ocorrido no último sábado (15) na BR 232, Serra das Russas, Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Elenilda Maria da Silva, 35 anos, foi morta na ocasião. O irmão dela, Elenildo Rodrigues da Silva, foi gravemente ferido e levado para o Hospital da Restauração (HR), bairro do Derby, área central do Recife, onde permanece internado.

Emboscada

Segundo a polícia, dois homens em uma moto, ainda não identificados, abordaram o veículo, um Celta da cor branca, onde os irmãos estavam com mais três parentes. Eles teriam se identificado como policiais e pedido para o carro parar. Logo em seguida, abriram fogo contra o veículo, matando Elenilda e ferindo Elenildo.



Os irmãos seriam oriundos de Chã Grande, Mata Norte do Estado. Eles estavam voltando do Recife quando foram abordados pelos dois homens. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime de vingança, mas nenhuma linha de investigação foi descartada ainda.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM