Jornal do Commercio
Notícia
PRISÃO

Quatro suspeitos de assassinar empresário em Aldeia são presos

Entre as armas encontradas com eles, estaria uma pistola, supostamente do empresário assassinado

Publicado em 24/04/2019, às 19h21

O empresário foi assassinado após reagir a um assalto a sua residência, em Paudalho / Foto: Reprodução/Redes sociais
O empresário foi assassinado após reagir a um assalto a sua residência, em Paudalho
Foto: Reprodução/Redes sociais
Editoria de Cidades

Quatro homens suspeitos de participação no assalto que terminou com a morte do empresário Mário Cavalcanti Gouveia Junior, de 78 anos, em Aldeia, município de Paudalho, na última terça-feira (23), foram presos na tarde desta quarta-feira (24). Luciano Josuel de Santana, Cícero Romão Henrique da Silva Pino, Leonardo do Nascimento Silva e Rodrigo Gomes da Silva, que não tiveram as idades reveladas, prestaram depoimento na Delegacia de Camaragibe, no Grande Recife. A Polícia Civil não confirmou oficialmente as prisões.

De acordo com informações extra-oficiais, os quatro foram encontrados em diferentes locais. Parte do grupo estaria em uma granja na comunidade de Passarinho, em Paulista, também na Região Metropolitana. Outra teria sido localizada em Chã de Cruz, no município de Paudalho, Zona da Mata, próximo ao local do crime.

Com eles, teriam sido apreendidas uma espingarda calibre 12, uma metralhadora 9 milímetros, uma pistola 380, um revólver calibre 38 e uma segunda pistola .45, que seria do empresário assassinado. Além do armamento, a polícia teria encontrado cinco munições calibre 12, 37 de 9 milímetros, 16 de calibre 380 e quatro carregadores. Os suspeitos também estariam de posse de 1,5 quilo de maconha prensada e de um carro modelo Golf, com placa de Paudalho. 



MORTE

Outro suspeito de participação no crime morreu na noite dessa terça-feira. O homem, que havia sido baleado, passou por cirurgia no Hospital Otávio de Freitas (HOF), no Sancho, na Zona Oeste do Recife, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que o corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), em Santo Amaro, área central do Recife.

Mário Cavalcanti teria reagido a uma investida criminosa e trocado tiros com bandidos que tentavam roubar uma coleção de armas guardada por ele em sua casa, que fica dentro do terreno do parque aquático Águas Finas, do qual o empresário era dono. Na ação, Mário acabou baleado, foi levado a um hospital particular do Recife, mas não resistiu.


Palavras-chave


OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM