Jornal do Commercio
Notícia
PRISÃO

Mãe de bebê que morreu espancada também é presa

Pai da criança, que já havia sido preso, afirmou que mãe também espancava a bebê

Publicado em 22/05/2019, às 10h09

Corpo da bebê foi enterrado no Cemitério de Santo Amaro  / Foto: Reprodução/TV Jornal
Corpo da bebê foi enterrado no Cemitério de Santo Amaro
Foto: Reprodução/TV Jornal
JC Online com informações da TV Jornal

A mãe da bebê de 5 meses, que morreu após ser espancada, foi presa, nessa terça-feira (21), em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Civil, Silvânia Maria Viana Sales é suspeita de agredir a própria filha, Débora Maria Sales da Silva.

A mãe da menina foi levada para a Delegacia de São Lourenço da Mata, após um mandado de prisão ser expedido. Em seguida, ela foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife.

O pai Augusto Silva da Cruz, de 23  anos, já havia sido preso, na sexta-feira (17), e encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima,  também no Grande Recife. Segundo a polícia, além de assumir que batia na filha, ele disse que Silvânia também batia. A Delegacia de São Lourenço da Mata está com a investigação.



Outras denúncias

Em 2017, o Conselho Tutelar de Olinda e de Paulista receberam denúncias de que outras duas filhas da mulher sofriam maus tratos.

O crime

A pequena Débora Maria Sales da Silva deu entrada no Hospital Petronila Campos, em São lourenço da Mata, na última sexta-feira (17). Ela estava desacordada e com vários hematomas. A menina teria sido espancada dois dias antes, pelo pai que não aceitava ter tido uma menina ao invés de um menino.

Augusto Silva da Cruz, de 23  anos foi preso e encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Débora chegou a ser socorrida para o Hospital da Restauração, no Recife, mas não resistiu.

A casa onde a mãe da bebê morava foi destruída por moradores, que atearam fogo no imóvel. O corpo de Débora Maria Sales da Silva foi enterrado no cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife, sob forte comoção. Apenas a mãe e alguns familiares do pai estavam presentes.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM