Jornal do Commercio
Notícia
JÚRI

Suspeito de matar ex-mulher em acidente de carro será julgado por feminicídio e motivo torpe no Recife

Guilherme José de Lira Santos está preso preventivamente desde maio de 2019

Publicado em 03/01/2020, às 15h29

Guilherme é suspeito de jogar o carro em que estava com a ex-esposa estavam contra uma árvore.  / Foto: Reprodução/TV Jornal
Guilherme é suspeito de jogar o carro em que estava com a ex-esposa estavam contra uma árvore.
Foto: Reprodução/TV Jornal
JC Online

A Justiça acolheu a denúncia do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra Guilherme José de Lira Santos, suspeito de jogar o carro contra uma árvore e matar a ex-mulher, em novembro de 2018. Ele está preso preventivamente desde maio de 2019 e será julgado pelo Tribunal do Júri, em data a ser definida, como incurso na prática de feminicídio contra a vítima. 

Também foi incluído na acusação o motivo torpe do crime, com base no depoimento de testemunhas, segundo o site do MPPE. "[...]o réu foi pronunciado pelo crime de homicídio doloso qualificado por motivo torpe, mediante recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima e motivado pela condição do sexo feminino envolvendo violência doméstica e familiar (artigo 121, parágrafo 2º incisos I, IV e VI combinado com §2º-A I do Código Penal)". 



Guilherme chegou a ser preso no dia 17 de novembro de 2018, ficando no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, até 17 de maio de 2019, quando teve a prisão revogada por decisão da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital. Em agosto do ano passado, o habeas corpus foi revogado e Guilherme voltou à prisão. 

O crime 

Guilherme José de Lira Santos é suspeito de causar a morte de Patrícia Cristina Araújo Wanderley, de 46 anos, em um acidente de carro. Ele teria jogado propositalmente contra uma árvore, na Rua João Fernandes Vieira, no Bairro da Boa Vista, Área Central do Recife, o veículo em que ele e a ex-esposa estavam, no dia 4 de novembro de 2018.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM