Jornal do Commercio
Notícia
PONTE DOS CARVALHOS

Três dos quatro envolvidos em morte de policial em ônibus no Cabo estão detidos

O sargento aposentado foi atingido por tiros ao reagir a uma tentativa de assalto nessa quarta-feira (8)

Publicado em 09/01/2020, às 20h26

Os suspeitos do crime se passaram por passageiros do ônibus / Reprodução de vídeo/TV Jornal
Os suspeitos do crime se passaram por passageiros do ônibus
Reprodução de vídeo/TV Jornal
JC Online

Três dos quatro envolvidos em uma tentativa de assalto a ônibus que resultou na morte do sargento da reserva da Polícia Militar Givanilton da Rocha Pessoa, 58 anos, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife, nessa quarta-feira (8), estão detidos. Dois suspeitos maiores de idade foram presos no loteamento Nova Era, em Ponte dos Carvalhos, na tarde desta quinta-feira (9). Um adolescente de 17 anos que também teria participado do crime foi apreendido pouco tempo depois da ação, na noite de ontem. O quarto homem conseguiu fugir e está sendo procurado.

A prisão nesta quinta-feira (9) foi realizada por policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM). De acordo com a corporação, a dupla confessou a participação no homicídio e levou a polícia ao local onde estava escondida a arma utilizada no crime. Os dois suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia do Cabo de Santo Agostinho.

Policial aposentado morreu ao reagir a assalto

O crime ocorreu na BR-101, em Ponte dos Carvalhos, em um ônibus que fazia a linha TI Cajueiro Seco/Cabo (Cohab). De acordo com o delegado Caio Morais, da 14ª Delegacia de Polícia de Homicídios (DPH), os quatro suspeitos se passaram por passageiros, pediram parada e anunciaram o assalto quando entraram no ônibus.



"O policial militar que estava no ônibus reagiu a tentativa de assalto, houve troca de tiros, ele foi alvejado com dois disparos na cabeça e atingiu um dos autores, um adolescente, que foi levado para uma policlínica em Ponte dos Carvalhos", relatou o delegado. Na fuga, os suspeitos atiraram contra o coletivo. Os disparos atingiram a porta traseira e o para-brisas.

Para socorrer o PM, o motorista do ônibus dirigiu o veículo até o Hospital Metropolitano Sul Dom Helder Câmara (HDH), também no Cabo. Givanilton chegou a ser transferido para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife, mas não resistiu. "Mesmo em desvantagem numérica o policial defendeu os ocupantes do coletivo, evitou a ação do grupo, mas acabou sendo ferido na troca de tiros e não resistiu", disse a Polícia Militar por meio de nota.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM