Jornal do Commercio
SAÚDE

Dia de Combate às Hepatites Virais terá orientação e testes gratuitos

Nesta quinta (27), o Shopping Plaza oferece testes rápidos para diagnosticar hepatites B e C

Publicado em 27/07/2017, às 11h15

A Prefeitura do Recife vai disponibilizar testes para diagnosticar hepatites B e C e vacinação para hepatite B / Foto: SES/Divulgação
A Prefeitura do Recife vai disponibilizar testes para diagnosticar hepatites B e C e vacinação para hepatite B
Foto: SES/Divulgação
Editoria de Cidades

A hepatite é uma doença silenciosa que ocasiona inflamação no fígado e pode ser provocada por vírus e pelo abuso de medicamentos, álcool e outras drogas. A enfermidade pode ser transmitida pelo contato com sangue contaminado ou sexo sem proteção. Nesta sexta (27), é comemorado o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais e, para alertar à população sobre os tipos de doenças e as formas de prevenção, uma série de atividades acontecem no Recife a partir desta quinta (27).

Shopping Plaza

Hoje, até as 22h, no Shopping Plaza, Piso L2, estará montado um stand do Núcleo de Assistência aos Pacientes Hepáticos (NAPHE), numa campanha educativa. No local, os interessados poderão realizar exames de diagnóstico para hepatites B (pacientes acima de 18 anos) e C (idade mínima de 35 anos). O tempo de resposta dos exames é de 30 minutos.

Além da realização de exames, os profissionais do NAPHE estarão distribuindo materiais informativos sobre a patologia, para que as pessoas aprendam cada vez mais sobre a doença e que tenham conhecimento sobre formas de preveni-la e os tratamentos que podem ser realizados. Não há limite de testes realizados. As pessoas que forem diagnosticadas com uma das hepatites serão orientadas pelos médicos presentes no local.

Pátio de São Pedro

No dia dedicado ao alerta sobre os perigos das hepatites virais, a Secretaria Estadual de Saúde vai promover, a partir das 9h desta sexta (28), uma ação de prevenção e testagem para hepatites B e C. O evento vai acontecer no Pátio de São Pedro, centro do Recife. Ao todo, serão 100 testes rápidos para cada tipo de patologia. Ainda durante a mobilização, serão distribuídos material informativo e camisinhas.

Sede da Prefeitura

Já a Prefeitura do Recife vai realizar um evento das 8h às 12h, na sede da administração, na avenida Cais do Apolo, Bairro do Recife. Na ocasião, também serão disponibilizados testes para diagnosticar hepatites B e C e vacinação para hepatite B.

Profissionais do setor de Infecções Sexualmente Transmissíveis da Diretoria Executiva de Vigilância à Saúde também farão distribuição de panfletos educativos, com orientações sobre prevenção da doença.

Hospital Miguel Arraes

Também nesta sexta, o Hospital Miguel Arraes, no município de Paulista, Grande Recife, vai realizar uma palestra com com a infectologista Cátia Arcuri, coordenadora da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), e com Fábio Queiroga, coordenador de Clínica Médica do Hospital Miguel Arraes, que esclarecerão sobre a doença. O evento começa às 9h.

Em seguida, o Laboratório e o Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NEPI) do HMA estarão realizando 200 testes rápidos para Hepatites B e C. O resultado sairá em 30 minutos e os casos positivos serão encaminhados para o IMIP, no Recife.

Hospital Dom Hélder Câmara

A partir das 9h, haverá a palestra "Conscientização das hepatites virais", ministrada pelo biomédico Fábio Dutra. O evento é aberto ao público (não é necessária inscrição) e há cerca de 80 vagas. 



Das 10h às 12h, haverá testes para hepatites B e C. Serão atendidas 100 pessoas no total. O Hospital Dom Hélder Câmara fica n km 28 da BR 101 Sul, município do Cabo de Santo Agostinho.

Doença

Em 2016, Pernambuco confirmou cerca de 160 casos de hepatite B e outros 160 de hepatite C. No Recife, entre os anos de 2010 e 2016, foram notificados 3.289 casos de hepatites virais, com maior concentração dos casos para hepatite C (1.566) seguida pela hepatite B (1.208) e hepatite A (512), respectivamente.

“Como as hepatites B e C podem ficar silenciosas durante anos, é importante que a população faça a testagem rápida. Esses exames são ofertados de rotina em postos de saúde e também nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). Sabendo do diagnóstico, é possível evitar a transmissão ou a progressão dessas doenças e suas graves consequências”, diz a coordenadora estadual de Hepatites Virais da SES, Adriana Cavalcanti.

A hepatite B é o tipo mais comum, sendo 90% dos casos curáveis pelo próprio organismo. A principal forma de contágio é pela relação sexual sem preservativos, pelo sangue – compartilhamento de objetos perfurocortantes – ou é passada da mão para o filho durante a gravidez (congênita).

Há vacina disponível para a doença no calendário vacinal para toda a população. O esquema é feito em três doses: a segunda dose deve ser aplicada 30 dias após a primeira e, a terceira, seis meses após a primeira. Todo recém-nascido deve receber a primeira dose logo após o nascimento, preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida. Se a gestante tiver hepatite B, o recém-nascido deverá receber, além da vacina, a imunoglobulina contra a hepatite B, nas primeiras 12 horas de vida, para evitar a transmissão de mãe para filho.

Já a hepatite C é prioritariamente transmitida pelo contato com sangue contaminado, vias sexuais e transmissão vertical (da mãe para o bebê). Ainda não há vacina para essa patologia.

Assistência

No Recife, a rede municipal oferece testes rápidos para hepatites B e C na unidade de referência Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), localizado na Policlínica Gouveia de Barros, no Largo de Santa Cruz, no bairro da Boa Vista. Além disso, disponibiliza nas unidades de saúde vacina para hepatite A, para crianças de até dois anos, e hepatite B, para pessoas de qualquer idade. Esta última deverá ser feita em três doses, como preconiza o Ministério da Saúde, para garantir imunidade.

As principais formas de se proteger contra as hepatites são:

- Usar preservativo em todas as relações sexuais;
- Exigir materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagem e de piercings;
- Não compartilhar instrumentos de manicure e pedicure;
- Não usar lâminas de barbear ou de depilar de outras pessoas;
- Não compartilhar agulhas, seringas e equipamentos para drogas inaladas e pipadas, como o crack.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM