Jornal do Commercio
Notícia
MORTE

SES investiga morte de criança de 7 anos com suspeita de dengue grave

A criança morava em Garanhuns e chegou a ser transferida para o Recife, onde faleceu

Publicado em 16/09/2019, às 16h59

Apesar da suspeita de dengue grave, a causa da morte ainda não foi confirmada. / Foto: Divulgação
Apesar da suspeita de dengue grave, a causa da morte ainda não foi confirmada.
Foto: Divulgação
JC Online

Uma criança de 7 anos faleceu, na última sexta-feira (13), e a suspeita é de que a morte pode ter sido ocasionada por dengue grave. Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que foi notificada, no último sábado (14), do óbito suspeito para arbovirose e que o caso está em investigação. 

De acordo com a Rádio Jornal, a criança morava no distrito de São Pedro, em Garanhuns e deu entrada em um hospital particular do município na quinta-feira (12). No dia seguinte foi transferida para um hospital no Recife, mas acabou falecendo. O enterro aconteceu no final de semana. Apesar da suspeita de dengue grave, a causa da morte ainda não foi confirmada.



"A criança foi admitida em nossa cidade com uma síndrome febril viral, compatível com dengue. Inicialmente, não há exame laboratorial no prontuário que confirme ou descarte deste diagnóstico. Na segunda-feira, ele apresentou insuficiência respiratória aguda e sinais de insuficiência renal aguda. Ele foi levado para um serviço de maior complexidade. Na saída de Garanhuns, foi levantada a possibilidade de dengue hemorrágica", detalhou o médico Ulisses Pereira, que atende no posto de saúde do distrito de São Pedro.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM