Jornal do Commercio
Crítica

Bruno Garcia e Alexandra Richter brilham em A História de Nós 2

Comédia romântica é apresentada no RioMar, na sexta e no sábado

Publicado em 19/08/2017, às 08h24

Bruno e Alexandra: o texto ganha com ótima parceria / Divulgação
Bruno e Alexandra: o texto ganha com ótima parceria
Divulgação
Bruno Albertim

Logo nas três primeiras falas, percebemos que o trunfo da encenação está na simplicidade arrojada. O texto de Licia Manzo tem um magnetismo em espiral, mas não atingiria sua potência comunicaconal sem o entrosamento perfeito de Bruno Garcia e Alexandra Richter. Com curtíssima temporada nos últimos sexta e sábado no Teatro RioMar, a A história de nós 2 é apenas grandemente o que o teatro pode ser: um ótimo texto, uma direção elegante e dois atores desfilando com autoridade de flor sobre espinho suas falas.

A peça estreou ainda em 2009, e teve até o diretor, Ernesto Piccolo, num dos papeis. No espetáculo desde janeiro desde ano, Bruno Garcia voltou a se apresentar na cidade depois de 17 anos sem pisar num palco local. Na sexta, a apresentação teve gosto mesmo de volta. Familiares e muitos amigos se misturavam ao público. "É como dar uma festa em casa", ele disse, ainda no palco, ao final da peça, e antes de ir receber a plateia do hall da sala de espetáculos.



Com marcações dinamicamente coreografadas - e muito recursos de frontalidade, para que os personagens possam se contradizer diante do público com pontos de vista diferentes sobre as mesmas experiências conjugais - vamos acompanhando o início do início e o início do fim do relacionamento de Edu em Lena, através de deliciosos clichês e frases de parachoques exibindo as personas que vão se formando entre os casais. A marcação dos atores não apenas reforça suas comicidades atentas ao humor das situações cotidianas como potencializa os tempos dramáticos alternados do texto, estruturado em flashbacks sucessivos.

 

TIMMING

Sem dramas, choro e vela preta, o texto vai expondo o terno e eterno patético das relações - não comove ao extremo, mas deixa a plateia claramente visitada por gargalhadas reflexivas. Uma peça que naufragaria sob intérpretes sem senso de oportunidade cênica. Felizmente, timming, nessa peça, Bruno e Alexandra têm de sobra - o que só reforça o potencial da versão cinematográfica que deve virar uma leve e aderente comédia de verão.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM