Jornal do Commercio
Musical

'Severinos, Virgulinos e Vitalinos' cumpre temporada no Espaço Cênicas

Obra da Dispersos Cia de Teatro tem dramaturgia e direção de Samuel Santos

Publicado em 14/04/2018, às 13h40

Dispersos Cia de Teatro / Nathália Timba/Divulgação
Dispersos Cia de Teatro
Nathália Timba/Divulgação
JC Online

A Dispersos Cia de Teatro retoma temporada do espetáculo Severinos, Virgulinos e Vitalinos, a partir deste sábado (14), no Espaço Cênicas. O trabalho, que bebe nas tradições nordestinas, conta a história de dois filho de artistas que partem em busca de seus genitores e, no caminho, se deparam com situações que transformarão suas visões de mundo.

Durante sua empreitada, a dupla se depara com a morte (Severina), a violência (Virgulino) e com o sonho (Vitalino). Dirigida e escrita por Samuel Santos, a peça é estrelada por Lívia Lins e Madson de Paula e mescla elementos do teatro, circo e música.



MÚSICA

A parte musical é executada pela bandinha formada por Leila Chaves (violão, banjo, zabumba, caixa, kazoo, efeito), Victor Chitunda (violão, congas, kazoo, efeitos), Tiago Nunes (pandeiro, cajón, alfaia, kazoo, efeitos) e Danielle Sena (claves, triângulo, agogô, alfaia, kazoo, efeitos).


Serviços

'Severinos, Virgulinos e Vitalinos', da Dispersos Cia de Teatro - sábados, às 19h, e domingos, às 17h, de 14 a 29 de abril, no Espaço Cênicas (rua Vigário Tenório, 199, Bairro do Recife). Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM