Jornal do Commercio
EXPOSIÇÃO

As verdades e poesias de Daniel Santiago

O artista pernambucano ganha retrospectiva, a partir desta segunda (14), no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães

Publicado em 14/05/2012, às 07h41

Artista ganhou exposição no Mamam / Foto: Rodrigo Lobo/JC Imagem
Artista ganhou exposição no Mamam
Foto: Rodrigo Lobo/JC Imagem
Beatriz Braga

Com uma longa carreira artística, entre performances e obras estáticas, o artista pernambucano Daniel Santiago ganhou algo merecido há tempos: uma exposição individual no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), que inagura hoje, às 19h, e fica em cartaz até 8 de julho.

 Do que é que eu tenho medo? é, nas palavras do homenageado, o resultado de uma “pesquisa arqueológica debaixo da cama”. As curadoras Cristiana Tejo e Zanna Gilbert deram luz às relíquias escondidas nos sacos plásticos da casa do artista.  

Quem for à abertura não deve se assustar com a mulher pendurada por uma corda segurando a faixa O Brasil é o meu abismo. A artista Marie Carangi reproduz uma intervenção encenada pelo próprio Daniel há algumas décadas. 

Um dos momentos interativos da mostra é a Floresta do Alheamento de Fernando Pessoa. Inspirado no poema do português, fitas brancas caem do teto e as pessoas recebem óculos em 3D para ver o “que nenhuma câmera pode captar”. 



Na ala fantasmagórica da mostra, cartazes mostram Daniel encarnando autores como Augusto dos Anjos e Edgar Allan Poe. “Mas isso é ele (Augusto dos Anjos) mesmo. Não sou eu não”, garante o artista, apontando para um dos pôsteres.

A retrospectiva ainda conta com uma sessão audiovisual, com a exposição de vídeos experimentais feitos em webcam. O Movimento do plasma no interior da magnetosfera testemunha os processos eletrodinâmicos da misteriosa camada superior da atmosfera. 

“Eu fui lá (na magnetosfera), mas não vá dizer a ninguém não, viu?”, confessa Daniel, que define os fenômenos imagéticos de seus filmes como uma espécie de microfonia visual. “O que parece luz é radiação gama. O que parece mentira é poesia”, diz o artista, lembrando o letreiro do filme.

Leia  a matéria completa no JC desta segunda (14). 

Serviços

De que é que eu tenho medo? ? Exposição de Daniel Santiago. Abertura nesta segunda (14), das 19h às 22h. Em cartaz até 8 de julho no Mamam (Rua da Aurora, 265, Boa Vista).




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM