Jornal do Commercio
Ícone

Basquiat ganhará exposição no Masp em 2018, 30 anos após sua morte

Ícone da arte urbana, artista levou inspirações da cultura africana às ruas e galerias

Publicado em 18/01/2017, às 14h58

Basquiat inspirou muitos nomes do hip hop, como Jay-Z e Kanye West / Reprodução
Basquiat inspirou muitos nomes do hip hop, como Jay-Z e Kanye West
Reprodução
JC Online

Jean-Michel Basquiat, artista plástico nova-iorquino e um dos maiores ícones da arte urbana mundial, ganhará exposição no Museu de Artes de São Paulo (Masp) em 2018. A mostra marcará os 30 anos da morte do pintor, que ganhou notoriedade a partir de seus grafites.

O museu confirmou, através de comunicado nesta quarta-feira (18), que as obras do artista, que faleu em 1988, serão um dos grandes destaques de 2018. O recorte escolhido foi Histórias da Escravidão, que dialoga com a investigação das narrativas africanas que o museu para o ano que vem. A obra de Basquiat é marcada por influências da cultura africana.

Esta será a primeira grande exposição de Basquiat no Brasil e coincidirá com os 130 anos da assinatura da Lei Áurea, que findou a escravidão no Brasil.



ÍCONE

Jean-Michel Basquiat, filho de imigrantes haitianos e porto-riquenhos, ganhou notoriedade a partir da descoberta de seus grafites em prédios abandonados em Nova York. Ao cair nas graças de Andy Warhol, guru da pop art, viu seu trabalho ganhar as galerias de todo o mundo

Seu trabalho é marcado pela iconografia de inspiração das raízes africanas e cores fortes e inspirou muitos nomes do pop e hip hop, como Jay-Z, Kanye West e The Weeknd.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM