Jornal do Commercio
ARTES VISUAIS

Filme 'Ohpera Muda', de Alejandra Riera, é exibido no Cinema do Museu

O projeto foi feito com a Cia. Teatral Ueinzz, criada com pacientes psiquiátricos do Instituto A Casa

Publicado em 13/07/2017, às 15h25

Imagem do filme 'Ohpera Muda' / Divulgação
Imagem do filme 'Ohpera Muda'
Divulgação
JC Online

Quando conheceu a Cia. Teatral Ueinzz, criada com pacientes psiquiátricos do Instituto A Casa, a artista e diretora argentina radicada em Paris Alejandra Riera começou a tecer projetos em colaboração com o grupo. Desse contato, foi forjando o filme Ohpera Muda, que será exibido nesta quinta, a partir das 19h30, no Cinema do Museu, seguido de um debate. Um pouco antes, às 18h30, o filósofo Peter Pál Pelbart lança a nova edição do livro O Avesso do Niilismo – Cartografias do Esgotamento (N-1 Edições).

Ohpera Muda foi criado dentro do projeto Event and Duration, da plataforma holandesa de residências artísticas If I Can’t Dance, I Don’t Want To Be Part of Your Revolution. O filme é definido como o documento de uma experiência, com a data de 9 de julho de 2016. Começou a ser feito antes, com trechos exibidos na 31ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo, em 2014, em uma sessão no Parque Ibirapuera, onde foram recolhidos depoimentos e experiências. Um dos pontos de partida da obra é a remoção de uma estátua de Cristovão Colombo em Buenos Aires, forma também de pensar a construção e demolição da história.



“O filme traz questões da condição de vida das pessoas no mundo de hoje. É também a culminância da relação entre Alejandra e o grupo Ueinzz”, comenta o coordenador de Artes Plásticas da Fundação Joaquim Nabuco, Moacir Santos. Ohpera Muda vai ser apresentado na ocasião por Frédérique Bergholtz, diretor do coletivo If I Can’t Dance..., e, depois da exibição, debatido por Alejandra e Peter Pál Pelbart, que é também um dos criadores da Cia. Teatral Ueinzz.

LIVRO

A obra de Alejandra teve poucas exibições desde que ganhou a sua versão atual: uma na Holanda e duas em São Paulo ao longo da última semana. Além do filme, o evento na Fundaj vai ter os livros da editora N-1, incluindo a nova edição do livro de Peter Pál, que vai autografar os exemplares de O Avesso do Niilismo.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM