Jornal do Commercio
Palhaçada

Wagner Moura 'briga' com Vladimir Britchta por filme sobre Bozo

Moura seria o ator escolhido, mas passou o papel para o amigo

Publicado em 15/08/2017, às 15h29

Wagner Moura inspirou o roteiro, mas teve que largar o papel / Divulgação / Reprodução
Wagner Moura inspirou o roteiro, mas teve que largar o papel
Divulgação / Reprodução
JC Online

Polêmico desde o seu anúnco, o filme Bingo - O Rei das Manhãs estreia nacionalmente no próximo dia 24. Trata-se de uma ficção documental baseada na vida de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo, que, além de entreter a criançada com seu programa matinal, viveu uma espiral de drogas e orgias no auge da carreira. Protagonizado por Vladimir Britchta, o filme, contudo, foi pensado para o ator Wagner Moura.

PATATI, PATATÁ

“O filme foi basicamente escrito para o Wagner. Era uma parceria que a gente tinha e, por diversas questões, como o tempo que demorou para a produção ficar pronta e por conflitos de agenda, ele não pôde fazer. Depois disso, ele mesmo sugeriu o nome do Vladimir para o papel”, contou o diretor Daniel Rezende, durante um evento com a imprensa para o lançamento do filme.



Circula, inclusive, na internet, um vídeo promocional em que os dois atores fingem brigar pelo papel. No vídeo, Mora diz que deixou a série Narcos, da Netflix, após a morte de Pablo Escobar, e ameaça Vladimir dizendo que vai fazer um filme sobre a vida dos palhaços Patati Patatá. Os dois são grandes amigos.

Confira o vídeo:

 





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM