Jornal do Commercio
Deadpool 2

Deadpool 'escreve' carta pedindo aos fãs para não dar spoilers

'Seria bem chato estragar para todo mundo que o Deadpool morre', 'escreveu' o anti-herói

Publicado em 11/05/2018, às 11h55

Ryan Reynolds divulgou uma carta 'escrita' pelo Deadpool pedindo para os fãs não darem spoilers do filme / Foto: Reprodução de cena / 20th Century Fox
Ryan Reynolds divulgou uma carta 'escrita' pelo Deadpool pedindo para os fãs não darem spoilers do filme
Foto: Reprodução de cena / 20th Century Fox
Estadão Conteúdo

Antes do lançamento de Vingadores: Guerra Infinita, os diretores Joe e Anthony Russo divulgaram uma carta oficial para os fãs do mundo todo pedindo a eles que não dessem "spoilers" logo após a estreia do filme. A dupla queria garantir que todos pudessem assistir ao longa e se surpreenderem com a produção.

Agora, foi a vez de Ryan Reynolds pedir de uma maneira bem-humorada que os fãs não deem "spoilers" de Deadpool 2. Escrevendo como o protagonista do filme, o anti-herói Deadpool, a carta é repleta de frases sem sentido e palavrões, como o personagem.



"Só algumas poucas pessoas sabem o roteiro de verdade do filme. Uma delas não é o Ryan Reynolds. Nós estamos pedindo a vocês que após assistirem Deadpool 2 não falem p**** nenhuma das coisas legais que acontecem no filme. Seria bem chato estragar para todo mundo que o Deadpool morre. Estou brincando. Não estou brincando. Estou brincando?", diz um trecho da carta.

Leia o texto completo abaixo (em inglês):





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM