Jornal do Commercio
Festival

Fincar chega à segunda edição apresentando o cinema de realizadoras

O II Festival Internacional de Cinema de Realizadoras traz ao Recife e à Camaragibe mais de 70 filmes de várias partes do mundo, além de atividades formativas

Publicado em 10/08/2018, às 10h54

Equipe Fincar / Foto: Beatriz Ataidio / Fincar / Divulgação
Equipe Fincar
Foto: Beatriz Ataidio / Fincar / Divulgação
JC Online

Mais de 70 filmes dirigidos por mulheres serão projetados em três cinemas de rua durante o II Fincar - Festival Internacional de Cinema de Realizadoras. De 14 a 19 de agosto, além das atividades formativas, a extensa programação contempla curtas, médias e longas-metragens de várias partes do mundo exibidos no Cinema São Luiz, no Cinema da Fundação Joaquim Nabuco (ambos no Recife) e no Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife.

Viabilizado através do 10° Edital do Programa de Fomento à Produção Audiovisual de Pernambuco - Funcultura / Fundarpe, da Secretaria de Cultura do Governo de Pernambuco, o Fincar é uma produção da Orquestra Cinema Estúdios e Vilarejo Filmes. Em sua segunda edição, conta com a apoio da Fundação de Cultura de Camaragibe, Pajeú Filmes, Paço do Frevo, Portomídia e Porto Digital.

PROPOSTA

O Fincar tem como proposta ocupar os equipamentos culturais públicos do Grande Recife com uma programação provocativa, política e produzida por mulheres, com debates pós-sessões de cinema para investir na formação de público. Durante o mês que a convocatória esteve aberta 1168 filmes de realizadoras foram inscritos. O país que mais inscreveu filmes foi o Brasil, com 320 filmes submetidos à curadoria, estritamente formada por mulheres. Na primeira edição, em 2016, o país que mais inscreveu filmes foram os EUA.

Realizadoras, artistas visuais, cineclubistas, comunicadoras populares, pesquisadoras acadêmicas, pesquisadoras livres, estudantes de cinema: cada curadora ao seu modo trouxe uma perspectiva sobre o cinema feito com mulheres. "A diversidade de vivências e experiências audiovisuais entre as curadoras é uma das potências políticas do festival. Os debates estabelecidos a partir dos filmes foram muito produtivos e a programação instigante a qual chegamos é resultado direto disso", afirma Maria Cardozo, idealizadora e diretora de programação do Fincar.

O que ainda ecoa dos debates curatoriais desta edição poderão ser encontrados no catálogo online que será lançado no dia da abertura do Fincar, terça (14), no Cinema São Luiz.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

CINEMA SÃO LUIZ

Terça (14)
18h30 | ABERTURA
19h | CURTAS: sessão É minha cada parte do meu corpo + debate com realizadoras
20h40 | LONGA: Diários de Classe, de Maria Carolina da Silva e Igor Souza (Documentário | Colorido | 72′ | 2017 | Brasil)         

Quarta (15)
18h30 | CURTAS: Existir, Ocupar! + debate com realizadoras
20h30 | LONGA: Piripkura, de Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge (Documentário | Colorido | 82′ | 2017 | Brasil)

Quinta (16)
18h30 | CURTAS: sessão Noturnas + debate com realizadoras
20h25 | MÉDIA: Mulheres Rurais em Movimento, de Prévost Héloïse e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE), + debate com realizadoras (Documentário | Colorido | 46′ | 2016 |Brasil)



Sexta (17)
18h30 | CURTAS: sessão Corpos de terra e mar + debate com realizadoras
20h30 | MÉDIA: Teko Haxy: Ser Imperfeita, de Patrícia Ferreira e Sophia Pinheiro, + debate com realizadoras (Documentário, Experimental | Colorido | 39′ | 2018 | Brasil)

Sábado (18)
18h30 | CURTAS: sessão Me chame pelo meu nome
19h40 | LONGA: O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes, + debate com a realizadora (Documentário | Colorido, P&B | 77′ | 2017 | Brasil)

Domingo (19)
9h - 11h | Sessão Infantil

CINEMA DA FUNDAJ

Quarta (15)
14h | CURTAS: sessão Correntezas
15h22 | LONGA: Cuatreros, de Albertina Carri (Documentário | Colorido, P&B | 85′ | 2017 | Argentina)

Quinta (16)
9h - 11h | PROGRAMA ESCOLAR 01 + debate
14h | CURTAS: sessão Vivas nos queremos
15h05 | CURTAS: sessão Dançando a revolução
16h10 | LONGA: Lírios não nascem da lei, de Fabiana Leite (Documentário | Colorido | 65′ | 2017 | Brasil)

Sexta (17)
9h - 11h | PROGRAMA ESCOLAR 02 + debate
14h | ESPECIAL: sessão Retrospectiva Cachoeira Doc + debate com Amaranta Cesar

Sábado (18)
14h | LONGA: Wild Relatives, de Jumana Manna (Documentário | Colorido | 66′ | 2017 | Alemanha, Líbano e Noruega)
15h15 | CURTAS: sessão Recontando a História + debate com realizadoras

Domingo (19)
14h - Programa Janaína Oliveira: FICINE (Fórum Itinerante de Cinema Negro / RJ)

CINE TEATRO BIANOR MENDONÇA MONTEIRO

Sexta (17)
8h30 - 11h | PROGRAMA ESCOLAR 01 + debate
14h - 17h30 | PROGRAMA ESCOLA 02 + debate
19h | SESSÃO DE CURTAS 01 (maiores de 18 anos) + debate com realizadoras

Sábado (18/8)
14h | Sessão Infantil
16h | LONGA: Diários de Classe
19h | MÉDIA: Teko Haxy - Ser Imperfeita

Domingo (19)
14h | SESSÃO DE CURTAS 2 + debate com realizadoras
16h | MÉDIA: Mulheres Rurais em Movimento,  de Prévost Héloïse e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE), + debate com realizadoras (Documentário | Colorido | 46′ | 2016 |Brasil)
19h | LONGA: O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes, + debate com a realizadora (Documentário | Colorido, P&B | 77′ | 2017 | Brasil)


Serviços

Quando: de 14 a 19 de agosto de 2018 | Onde: Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175, Boa Vista) e Cinema da Fundação Joaquim Nabuco (Rua Henrique Dias, 609, Derby) e Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro (Av. Dr. Pierre Collier, 441, Vila da Fábrica - Camaragibe) | Quanto: Cinema São Luiz (R$ 3), Cinema da Fundação Joaquim Nabuco (R$ 2) e Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro (gratuitas) | Informações: http://www.fincar.com.br/




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM