Jornal do Commercio
DISPUTA

'Marighella' é selecionado para o Festival de Cinema de Berlim

O filme, dirigido por Wagner Moura, conta a história do guerrilheiro que lutou contra o Estado Novo e a ditadura militar

Publicado em 10/01/2019, às 16h29

Seu Jorge conversa com Wagner Moura no set do filme / Ariela Bueno/Divulgação
Seu Jorge conversa com Wagner Moura no set do filme
Ariela Bueno/Divulgação
Estadão Conteúdo

O filme Marighella, dirigido por Wagner Moura e com Seu Jorge no papel principal, foi selecionado para a mostra principal do Festival de Berlim 2019, que ocorre na capital alemã de 7 a 17 de fevereiro. A produção terá sua estreia mundial no evento e está fora da competição.

Produzida pela O2 filmes, a estreia de Wagner Moura atrás das câmeras conta a história do guerrilheiro que lutou contra a ditadura militar brasileira. Além de Seu Jorge, tem no elenco Adriana Esteves, Bruno Gagliasso, Jorge Paz, Luiz Carlos Vasconcelos e Humberto Carrão.

O filme é orçado em R$10 milhões e é inspirado no livro Marighella — O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo, do jornalista Mário Magalhães, lançado originalmente em 2012 pela Companhia das Letras.



A TRAJETÓRIA

Militante comunista desde a juventude, deputado federal constituinte e fundador do maior grupo armado de oposição à ditadura militar, a Ação Libertadora Nacional, Marighella nasceu em Salvador em 1911, era também poeta e acabou virando letra de música de Caetano Veloso e dos Racionais MC's. Ele foi assassinado em 1969 numa ação comandada pela ditadura, em São Paulo.

Marighella deve chegar aos cinemas brasileiros no dia 18 de abril de 2019.

Outros 16 filmes também foram anunciados para premiere no Festival de Berlim, entre eles Elisa y Marcela, de Isabel Coixet, e Varda par Agnès, de Agnès Varda.

Em dezembro, foi anunciado que o drama Greta, de Armando Praça, e o documentário Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar, de Marcelo Gomes, foram selecionados para a mostra Panorama do Festival.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM