Jornal do Commercio
DEBATE

Sophie Turner rebate críticas por falar sobre saúde mental

A atriz Beverley Callard havia afirmado que 'celebridades estão tentando fazer os problemas com a saúde mental algo elegante'

Publicado em 11/01/2019, às 11h21

A atriz Sophie Turner / Divulgação
A atriz Sophie Turner
Divulgação
Estadão Conteúdo

A atriz Sophie Turner, conhecida por seu papel como Sansa Stark na série Game of Thrones, publicou um relato falando sobre críticas que artistas recebem quando abordam o tema da saúde mental e das doenças mentais na quarta-feira, 9.

Tudo começou com um comentário de Sophie sobre um tuíte que trazia uma fala da também atriz Beverley Callard afirmando que "celebridades estão tentando fazer os problemas com a saúde mental algo elegante".

"Ou talvez eles tenham uma plataforma para falar sobre isso e ajudar a acabar com o estigma sobre doenças mentais, que afetam uma a cada quatro pessoas no Reino Unido por ano. Mas por favor vá em frente e jogue-os de volta ao silêncio", desaprovou Sophie.

CRÍTICA ÀS PIADAS

Na sequência, a atriz criticou pessoas que fazem piadas sobre doenças mentais e ressaltou que a depressão é uma das principais causas de morte na Europa: "Uma das principais razões disso, eu acredito, é que há muito estigma acerca das doenças mentais".



"Se nós apenas pudéssemos falar sobre nossas experiências ou de pessoas queridas, nós podemos ajudar outras pessoas que sofrem de problemas mentais a não se sentirem sozinhas. Vamos continuar esse diálogo."

Por fim, Sophie deixou uma mensagem de apoio aos seguidores: "Você não está sozinho, você pode tratar a sua doença, e as pessoas que fazem chacota de você são a minoria... Não você. Você é amado e tem apoio."


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM