Jornal do Commercio
Polêmica

No Dia Nacional dos Animais, Rodrigo Hilbert vira assunto no Twitter por matar filhote de ovelha

Ato foi exibido na estreia da nova temporada de seu programa no canal fechado GNT

Publicado em 14/03/2016, às 12h28

Rodrigo Hilbert ajudou a matar um filhote de ovelha no Tempero de Família, do canal GNT. / Foto: GNT/Reprodução
Rodrigo Hilbert ajudou a matar um filhote de ovelha no Tempero de Família, do canal GNT.
Foto: GNT/Reprodução
Do JC Online

Na manhã desta segunda-feira (14), em que se comemora no Brasil o Dia Nacional dos Animais, o nome do ator e apresentador Rodrigo Hilbert tem estado entre os 10 assuntos mais comentados do Twitter. O motivo? A repercussão do episódio de estreia da sétima temporada de seu programa de culinária, Tempero de Família, no GNT. Exibido na última quinta-feira (10), a atração mostrou cenas em que Hilbert matava um filhote de ovelha junto com um pecuarista para fazer um churrasco.

O polêmico episódio foi gravado em Santa Catarina. Ao chegar numa propriedade catarinense, o apresentador foi recebido pelo pecuarista e dono do local. Em seguida, foram juntos até o curral para pegar um filhote de ovelha com cerca de seis meses, conhecido na região como “borrego”, um cordeiro ainda em fase de amamentação, pois segundo o profissional, esse é um segredo para que a carne do churrasco de ovelha seja macia.

Mesmo com o cuidado da edição do programa em subtrair as cenas o momento em que o animal grita, foi possível ouvir o sangue jorrando na bacia colocada embaixo dele depois das primeiras facadas. Hilbert e o pecuarista cortam todo o animal, retiram os órgãos internos, a cabeça e todo o pelo, enquanto conversavam naturalmente. Após o esquartejamento do filhote, Hilbert o temperou com sal e fez o churrasco.

A polêmica nas redes sociais com a cena chegou na página oficial do Canal GNT no Facebook. Na publicação em que  promoviam o tal episódio, muitos telespectadores se mostraram decepcionados com o programa e ameaçaram deixar de acompanhar a atração. "Acabei de ver nessa temporada de hoje o Rodrigo pegar uma ovelha, mata-la, mostrar o sangue escorrer, uma imagem horrível. Desnecessário, péssimo. Me admira muito o Rodrigo se submeter a algo desse tipo. Mudei de canal, não consegui assistir e não vou mais acompanhar o programa", declarou a internauta Michelle Ferrari na postagem, ganhando mais de 200 curtidas em sua declaração. São mais de 500 comentários registrados no post e a maioria de reprovação a Rodrigo Hilbert e ao Tempero de Família.

O fato é que assistir a morte de um animal durante um programa culinário soou bastante duvidoso e muitos telespectadores, vegetarianos ou não, se sentiram chocados com o ocorrido. O Canal GNT e Rodrigo Hilbert ainda não se pronunciaram sobre o assunto.



Comentários

Por Claudio Sena,21/06/2017

Nossa. Fiquei chocado. Achei que meu churrasco nascesse em árvores.

Por Suzana,22/03/2016

Não precisamos de tanta apelação,tem que ter muito sangue frio para fazer tanta crueldade em programa que estão sendo assistido por tantas crianças e talvez ações como esta influencia na prática do mal.Já estamos vivendo em um mundo de tanta maldade,que prática como esta não tem necessidade nenhuma.

Por Etiene,19/03/2016

Fico chocada mesmo com gente que queria ver este ato de crueldade desnecessária! E antes que os loucos de plantão me chamem e de hipócrita, aviso que não como carne! Pena de gente assim! Por isso prefiro sem sombra de dúvidas os animais aos seres humanos. Quanto ao programa nunca mais o assistirei. Rodrigo você foi HEDIONDO!!!!!

Por Christiano Freitas,15/03/2016

Falso moralismo. Na hora de comer, todo mundo lambe os beiços. Na hora de deixar o filho assistir a filmes como Pânico na floresta ou Jogos Mortais, tudo bem... A ficção pode. A realidade não. Pura e simples hipocrisia. Só porque é politicamente correto. Muita frescura mesmo. Comentários como "eu me choquei" são de uma falsidade total. Deveria, na verdade, se chocar com o fato de ela mesma não ter a menor ideia em quem votou e o que o seu representante vem fazendo. Isso sim é lamentável. Está na hora de começar a se preocupar com o que realmente importa.

Por Luiz Miguel,14/03/2016

Não vi a cena. Mas adoraria ter visto. É muito interessante poder saber de onde vêm todos esses tipos de carne maravilhosos que temos para nossa saúde e alimentação. O ser humano é essencialmente onívoro. Só chegou ao estágio evolutivo em que está após comer muita carne. Adoro programas sobrivencialistas. Odeio quando cortam cenas de abate de animais. Tira toda a realidade. A TV tem que mostrar a realidade nua e crua. Quem quiser ver conto de fadas que mude de canal.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM