Jornal do Commercio
Polêmica

Ratinho critica Luan Santana e Cláudia Leitte por solicitarem incentivo da Lei Rouanet

Apresentador fez um "desabafo" para o atual Ministro da Cultura no programa desta terça-feira (24)

Publicado em 25/05/2016, às 11h55

Ratinho se revoltou ao vivo ao criticar os artistas que solicitaram incentivos exorbitantes para serem aprovados na Lei Rouanet. / Foto: SBT/Reprodução
Ratinho se revoltou ao vivo ao criticar os artistas que solicitaram incentivos exorbitantes para serem aprovados na Lei Rouanet.
Foto: SBT/Reprodução
JC Online

Na edição do Programa do Ratinho desta terça-feira (24), o apresentador dedicou quase sete minutos de sua atração para criticar os grandes artistas que solicitam incentivo da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. Entre os citados, estavam MC Guimê, Maria Bethânia, Luan Santana e Cláudia Leitte.

Com uma lista em mãos, Ratinho mencionou os valores que os artistas solicitaram ao Governo Federal. MC Guimê teria solicitado R$516 mil para a gravação de seu DVD. Maria Bethânia teria pedido R$1,3 milhão para o projeto O Mundo Precisa de Poesia, mas ele reiterou que a artista desistiu do requerimento. Luan Santana pediu R$4,1 milhões para a sua turnê Nosso Tempo é Hoje - Parte II. E a cantora Cláudia Leitte, R$5,8 milhões para uma série de shows.

O apresentador mandou um recado para Luan Santana: "Luan, é sacanagem. Você não cobra ingresso pra ir? Se você cobra ingresso, você não pode pegar dinheiro do Governo para fazer show", reclamou. Ratinho disse não saber se essas solicitações foram, de fato, aprovadas, "mas tiveram a pouca vergonha de pedir", concluiu. Ele criticou os valores exorbitantes por serem pagos através dos impostos dos contribuintes.

No fim, o apresentador pediu para que o novo Ministro da Cultura averigue essas solicitações.

Confira o "desabafo" de Ratinho na íntegra:




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM