Jornal do Commercio
Resumo das Novelas

Segundo Sol - Estreia: Beto Falcão fica sabendo da sua falsa morte

Cantor decadente é convencido por Remy e Karola a desaparecer

Publicado em 14/05/2018, às 00h27

Beto (Emilio Dantas) sabe sobre sua 'morte' pela TV na estreia de Segundo Sol. / Foto: TV Globo/Divulgação
Beto (Emilio Dantas) sabe sobre sua 'morte' pela TV na estreia de Segundo Sol.
Foto: TV Globo/Divulgação
JC Online

No primeiro capítulo de Segundo Sol nesta segunda-feira (14/5), Beto (Emilio Dantas) tenta cantar em seu trio elétrico precário, cercado por poucos foliões. Karola (Deborah Secco) convence o namorado a ir para o camarote de Laureta (Adriana Esteves), que barra a entrada do rapaz. Dodô (José de Abreu) revela a Beto que Remy (Vladimir Brichta) acabou com o patrimônio da família e o cantor decide fazer um show em Aracaju. Beto não consegue embarcar no avião. Remy e Karola descobrem que o avião em que Beto estava caiu e decidem tirar proveito da situação. Naná (Arlete Salles) não se conforma com a suposta perda do filho. Beto se desespera ao ver a reportagem sobre sua morte.



Luzia brinca com os filhos na praia

Remy e Karola convencem Beto a fingir sua morte para ajudar a recuperar o patrimônio da família. Luzia (Giovanna Antonelli) brinca com os filhos na praia. Cacau (Fabiula Nascimento) decide ir para Salvador e Luzia fica arrasada. Beto aluga a casa da irmã de Luzia. Manuela e Ícaro brincam com Beto, e Luzia passa a cozinhar para ele. Beto se encanta com o show que Luzia faz no bar de Groa. Luzia e Beto se amam e ele decide acabar com a farsa sobre sua morte. Remy se desespera com a decisão do irmão e avisa a Karola, que vai para Boiporã. Luzia descobre que está grávida, mas encontra Karola procurando pelo noivo para contar que está esperando um filho dele.

*Os resumos divulgados pelas emissoras estão sujeitos a mudanças em função da edição.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM