Jornal do Commercio
Resumo das Novelas

Orgulho e Paixão: Elisabeta enfrenta Lorde Williamson e é apoiada

A jovem Benedito não abaixa a cabeça para o pai de Darcy

Publicado em 17/05/2018, às 01h09

Elisabeta (Nathalia Dill) não aceita ser intimidada em Orgulho e Paixão. / Foto: TV Globo/Divulgação
Elisabeta (Nathalia Dill) não aceita ser intimidada em Orgulho e Paixão.
Foto: TV Globo/Divulgação
JC Online

No capítulo desta quinta-feira (17/5) de Orgulho e Paixão, Xavier (Ricardo Tozzi) acusa Brandão (Malvino Salvador) de ser o Motoqueiro Vermelho, mas o coronel, Mariana (Chandelly Braz) e Luccino (Juliano Laham) despistam o vilão. Elisabeta (Nathalia Dill) enfrenta Lorde Williamson (Tarcísio Meira) e é apoiada por Ema (Agatha Moreira), Darcy (Thiago Lacerda) e
Ernesto (Rodrigo Simas). Sem querer, Ernesto provoca um acidente com os vestidos emprestados de Elisabeta e Ema, que se desespera sem ter como pagar pelo prejuízo. Camilo (Maurício Destri) prepara uma surpresa para Jane (Pâmela Tomé). Rômulo (Marcos Pitombo) conta a Felisberto (Tato Gabus Mendes) que Cecília (Anaju Dorigon) fugiu novamente da mansão.



Ernesto e Ema discutem por estrago no vestido

Josephine (Christine Fernandes) questiona Uirapuru (Bruno Gissoni) sobre o Vale do Café. Rômulo se incomoda ao saber do suposto ritual feito por Cecília e Fani (Tammy Di Calafiori). Ernesto e Ema discutem pelo estrago no vestido da moça. Charlotte (Isabella Santoni) tenta convencer Lídia (Bruna Griphao) a esquecer de Uirapuru. Darcy provoca Lorde Williamson e afirma seu amor por Elisabeta. Camilo é contratado no bar de Manoel e decide se casar com Jane no dia seguinte. Ofélia (Vera Holtz) avisa a Julieta (Gabriela Duarte) sobre o casamento dos filhos. Tenória (Polly Marinho) revela a Ema que as duas podem ser da mesma família. Lorde Williamson procura Elisabeta na fábrica.

*Os resumos divulgados pelas emissoras estão sujeitos a mudanças em função da edição.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM