Jornal do Commercio
CONTOS

Everardo Norões é um dos vencedores do Prêmio Portugal Telecom

Escritor cearense radicado no Recife levou a cetegoria de contos; romance de Sérgio Rodrigues foi escolhido como livro do ano

Publicado em 09/12/2014, às 09h08

 /
Do JC Online

O Prêmio Portugal Telecom de Literatura anunciou ontem os vencedores da sua edição de 2014. O escritor mineiro radicado no Rio de Janeiro Sérgio Rodrigues levou a honraria de livro do ano pelo romance O drible (Companhia das Letras). Além dele, o escritor cearense radicado em Pernambuco Everardo Norões venceu a categoria de conto com o livro Entre moscas (Confraria do Vento).

Na parte de poesia, o poeta português Gastão Cruz levou o prêmio, com o livro Observação de verão seguido de fogo. Cada um dos vencedores leva R$ 50 mil - Sérgio Rodrigues fica com R$ 100 mil por conta da premiação principal.

Everardo é poeta, tradutor, contista e crítico literário. No livro Entre moscas, ele traz narrativas curtas sobre a sensação de estar diante de uma sociedade apodrecida, viver entre insetos. "Queria mostrar como são as relações humanas em um país e em cidades que se degradam", declarou na cerimônia de premiação.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM