Jornal do Commercio
Teatro

Obra de Mestre Vitalino vira espetáculo e será apresentado no Recife

A peça 'Auto das Sete Luas de Barro' acontece nesta quinta-feira, no Teatro Santa Isabel

Publicado em 22/09/2015, às 11h15

A peça será apresentada na próxima quinta-feira (24), no Teatro Santa Isabel às 19h30 / Divulgação
A peça será apresentada na próxima quinta-feira (24), no Teatro Santa Isabel às 19h30
Divulgação
Do JC Online

A obra do Mestre Vitalino, ceramista famoso e ícone da representatividade do Nordeste brasileiro, vira espetáculo e será apresentado na próxima quinta-feira (24), no Teatro Santa Isabel, na área central do Recife, às 19h30. A peça "Auto das Sete Luas de Barro", encenada pelo Grupo Feira de Teatro Popular gratuita.

O espetáculo comemora os 100 anos da Arte Figurativa do Barro do Alto do Moura e é um musical escrito em versos sobre o mestre. O texto dramático foi escrito em 1979 pelo saudoso e premiado teatrólogo pernambucano Vital Santos, falecido em 2013. O espetáculo foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCE), além de receber o extinto Prêmio Molière. Para apresentação no Recife foram convidados alunos de escolas públicas estaduais, pacientes do Hospital do Câncer e servidores públicos. 



O ator e diretor do espetáculo Sebastião Alves, conhecido popularmente como Seba e responsável pelo Grupo Feira de Teatro Popular, comenta que é sempre uma satisfação encenar a peça. “É preciso que cada vez mais pessoas tenham acesso a esta bonita história. Teremos muito orgulho em apresentá-la no Recife”, falou.







Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM