Jornal do Commercio
CONCURSO

Livraria abre votação pública para eleger destaques do ano

Leitores podem votar entre os indicados em nove categorias, como 'melhor biografia' ou 'melhor autor de ficção'

Publicado em 07/12/2017, às 21h41

Assim como em muitas áreas, a literatura teve um ano muito produtivo e de muitos lançamentos / Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Assim como em muitas áreas, a literatura teve um ano muito produtivo e de muitos lançamentos
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
JC Online

O fim de 2017 já chegou e, com ele, os famosos rankings de melhores do ano e retrospectivas. Assim como em muitas áreas, a literatura teve um ano muito produtivo e de muitos lançamentos. A Livraria Saraiva segue até este domingo (10) com votação aberta para o público eleger os destaques dos últimos 12 meses.

Esta é a segunda edição do concurso e engloba nove categorias: melhor adaptação para o cinema; autor(a) de ficção; autor(a) de não ficção; autor(a) revelação; biografia; edição; livro de influenciador, personagem e livro do ano. Somente títulos lançados em 2017 fazem parte da ação. Quem participar ganhar também um cupom com 20% de desconto para ser usado na rede de livrarias. 



Categorias e indicados

Na categoria "melhor adaptação para o cinema" estão os livros Boneco De Neve (Jo Nesbø), A Cabana (William Pyoung), Assassinato No Expresso do Oriente (Agatha Christie), Extraordinário (R. J. Palacio) e It - A Coisa (Stephen King). Entre os "autores revelação" se encontram dois brasileiros: Lázaro Ramos, Fabiana Escobar - que inspirou a personagem Bibi Perigosa na novela A Força do Querer - e Tiago Brunet.

Todos os indicados ás outras categorias podem ser encontrados no site oficial do concurso
 





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM