Jornal do Commercio
Musical

Roteiro Blues promove mais de 20 shows em outubro

Após hiato de cinco anos, projeto aporta em cinco restaurantes da capital pernambucana

Publicado em 06/09/2016, às 11h45

A Banda Deltas é uma das atrações do Roteiro Blues. / Foto: Divulgação
A Banda Deltas é uma das atrações do Roteiro Blues.
Foto: Divulgação
JC Online

O Roteiro Blues, que animou as noites recifenses em 2010 e 2011, estará de volta em outubro. O evento, realizado em parceria pela produtora Bacurau e pelo blog Recife Blues, retorna à programação da capital pernambucana e aporta em cinco restaurantes da cidade: Burburinho, Casa da Moeda, Canela GastroBar, Downtown Pier e Beer Garden 17.

Em novo formato, cada casa sediará o evento em um dia fixo na semana, resultando em shows em quase todos os dias do mês. De acordo com o produtor do evento, Rico de Moraes, o objetivo é fortalecer a cena local. Entre as atrações já confirmadas estão os nomes do guitarrista Rodrigo Morcego, ex-integrante da banda Má Companhia, que se dedica ao blues há mais de 15 anos; a banda Motorciclano, conhecida por dar novas roupagens aos clássicos do gênero; além de Neil Arnold, Maurício Winckler, Renato Deak, Handmade Blues, Junior Xanfer e Deltas, entre muitos outros.



Como conferir

Quem quiser curtir ao máximo toda a programação pode de adquirir um ingresso tipo passaporte, que dá direito a assistir todos os shows com um valor promocional. Para os que preferem curtir a boemia com moderação, as casas também oferecem ingressos individuais, sem o desconto. Os passaportes já estão à venda no eventick.com.br/rb a partir de R$ 35.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM