Jornal do Commercio
Sucesso

Wesley Safadão está no topo do mundo

Cantor cearense, que faz show neste domingo (30) no Recife, experimenta fase de ouro na carreira

Publicado em 30/04/2017, às 00h05

Wesley Safadão arrecadou R$ 200 mil para o Imip em show beneficente na última quinta-feira (27). / Foto: Dayvison Nunes/JC Imagem
Wesley Safadão arrecadou R$ 200 mil para o Imip em show beneficente na última quinta-feira (27).
Foto: Dayvison Nunes/JC Imagem
Robson Gomes

Definitivamente, Wesley Safadão já pode ostentar o consagrado título de “dispensa apresentações”. O forrozeiro, nascido em Fortaleza, chega aos 28 anos vivendo o auge do sucesso em nível nacional. De cabelo novo – abandonando as longas madeixas lisas que um dia foram modernizadas por um coque samurai – e recém-chegado de uma gravação de CD e DVD em Miami, nos Estados Unidos, neste domingo (30) ele é a estrela de mais um show no Recife, na área externa do Centro de Convenções, que leva o brado ecoado pelos fãs País afora como título da festa: Vai Safadão.

Antes que ele suba no trio elétrico de seu bloco – e não no palco levantado para o evento, que recebe a gravação do DVD de Márcia Fellipe e o cantor Léo Santana na festa – e leve o público ao delírio não só com as músicas, mas também com as frases de efeito como “pior que cuspir no prato que comeu é voltar a comer no prato que cuspiu”, não custa tentar entender porque a palavra fenômeno pode ser aplicada ao jovem batizado como Wesley Oliveira da Silva.

“Tudo que aconteceu até hoje serviu como aprendizado, como uma lição para chegar a este sucesso. Desde o primeiro show que eu fiz, em especial, no Recife, até hoje, foi ‘tudo degrauzinho’”, disse Wesley Safadão em meio a dezenas de crianças que recebeu em seu camarim na última quinta-feira (27), quando fez um show beneficente para o setor de pediatria do Imip, onde arrecadou para a instituição cerca de R$ 200 mil.

Números astronômicos como esses têm feito parte da rotina de sucesso do forrozeiro, que começou profissionalmente em 2007, à frente da banda Garota Safada. Aos poucos, o nome de Wesley começou a ficar maior que o nome do conjunto. Com o crescente reconhecimento do trabalho, os contratos chegaram a ultrapassar a barreira do meio milhão de reais por show, sendo considerado um dos três maiores cachês do país. Além de contratos de publicidade, chovem milhões de seguidores em suas redes sociais e nas visualizações do YouTube – só no clipe oficial da música Camarote, está seu maior recorde até o momento: 160 milhões.

Com seu nome em alta, Wesley Safadão também é procurado para fazer parcerias musicais que vão desde nomes do forró atual como Gabriel Diniz e Márcia Fellipe, do sertanejo como Marcos & Belluti, Simone & Simaria e Marília Mendonça passando até pelo pop de Anitta, o axé de Ivete Sangalo, até o funk de Nego do Borel e, mais recente, MC Kevinho. Mas, para o forrozeiro, ainda há um dueto que ainda não foi concretizado: “Um grande sonho é cantar com Roberto Carlos”, confessa.



Pela versatilidade de parcerias, que também implica em explorar outras sonoridades, Wesley Safadão defende que pretende manter sempre o forró que lhe catapultou para a fama. “Meu estilo musical é o forró e não abro mão disso. Fiz parcerias, mas sou forrozeiro”, reforça.

E é por manter o forró estilizado como sua verdadeira essência que ele levou o ritmo para fora do país no último dia 15 para gravar o seu mais novo trabalho: WS In Miami Beach. “Gravar um DVD fora do país foi um sonho que virou realidade. Graças a Deus, a minha equipe e aos meus fãs, consegui realizar esse projeto. Posso dizer que foi uma experiência única e muito gratificante”, comemora ele, que não descarta a possibilidade de se aventurar em outra língua algum dia: “Já pensei nisso sim. Quem sabe em breve gravamos uma música em outro idioma?”.

A gravação nos Estados Unidos só não chamou mais atenção por um pequeno (grande) detalhe: Wesley Safadão abriu mão dos cabelos longos. A mudança, como tudo que ele faz, foi assunto nas redes sociais. Era o fim da promessa de manter a longa cabeleira feita por sua mãe? O próprio responde: “A promessa foi cumprida depois de oito anos. Com esse novo projeto, chegou a hora de mudar o visual”.

Com esse novo cabelo, um repertório de grandes sucessos e um carisma tão grande quanto o seu cachê que Wesley Safadão celebra hoje no Recife a boa fase de seu trabalho: “Sou muito feliz por tudo que tenho conquistado. Agradeço a Deus por todas as oportunidades porque, para mim, o céu é o limite”, finaliza.

SERVIÇO

Vai Safadão – com Wesley Safadão, Márcia Fellipe e Léo Santana. Neste domingo (30), a partir das 15h, na área externa do Centro de Convenções. Ingressos: R$ 60 (Arena); R$ 160 (Área Vip com open bar de cerveja, água e refrigerante); R$ 230 e R$ 250 (Camarote WeDo feminino e masculino, respectivamente, com open bar de whisky, vodka, cerveja, água e refrigerante), à venda no site NE10 Ingressos. Informações: 3326-7497




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM