Jornal do Commercio
Ragatanga

Entrevista: Rouge encerra turnê comemorativa no Recife

Girlband de maior sucesso no Brasil faz primeiro show na capital pernambucana neste sábado (11)

Publicado em 10/08/2018, às 09h30

Aline, Karin, Li, Luciana e Fantine pisam pela primeira vez no Recife. / Foto: E3 Fotografia/Divulgação
Aline, Karin, Li, Luciana e Fantine pisam pela primeira vez no Recife.
Foto: E3 Fotografia/Divulgação
Robson Gomes

A música pop nunca foi tão bem servida pela juventude quanto na primeira década de 2000. Na gringa, entre boy bands e artistas mulheres com carreira individual, girl band de sucesso mundial só havia uma: as Spice Girls. Em terras tupiniquins, tentava-se acompanhar esta tendência, mas, da mesma forma, banda de grande sucesso no Brasil formada apenas por garotas também só teve uma: Rouge. Neste sábado (11), o grupo pisa pela primeira vez no Recife, celebrando, no Clube Português, os sucessos deixados naquela época e a retomada do conjunto para escrever uma nova história. Será o encerramento da turnê comemorativa Rouge 15 Anos.

Tudo (re)começou em julho do ano passado, quando Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Luciana Andrade se reencontraram para “lavar a roupa suja” e acertar os pontos de uma amizade que, apesar de tudo, sempre existiu. O resultado veio dias depois ao assinarem um contrato de quatro shows de “reencontro”. Mas o Chá Rouge, idealizado e dirigido pelo atual empresário e produtor pernambucano Pablo Falcão, se tornou realidade com ingressos esgotados nas quatro apresentações no Rio de Janeiro e São Paulo, culminando com a retomada definitiva da carreira e assinatura de um novo contrato com a Sony Music.

“A gente tem, efetivamente todos os dias, comemorado o nosso reencontro porque a gente celebra muito a nossa história. Todas nós somos muito gratas ao Rouge e reconhecemos isso”, disse Aline por telefone, em entrevista ao Jornal do Commercio. Desde janeiro, o show especial foi renovado para a estrada e a Turnê Rouge 15 Anos passou a rodar o País. “Todas as coreografias foram reformuladas pelo nosso coreógrafo Rômulo Morada junto a um lindo balé. Nos preocupamos com os arranjos, mixagens e a montagem do show para trazer uma leitura atual às nossas músicas”, conta Li.

Voltando à ativa em um novo momento do pop brasileiro, em que se fala mais de empoderamento feminino e representatividade, Aline revela que o Rouge tem consciência desse papel na música atual: “Somos cinco mulheres completamente diferentes e, nesse momento em especial, as cinco têm maturidade e consciência de termos uma banda assim nesse momento no País. Há 16 anos, nós não tínhamos consciência do quanto era importante estarmos juntas ali. Hoje nós temos, e todo dia nos empoderamos mais uma com a outra para que a gente possa levar, acima de tudo, um discurso de empatia e sororidade entre nós. Porque é o que acontece: São cinco mulheres trabalhando juntas, fazendo um projeto acontecer juntas, e isso exige de nós muito amor e irmandade. E naturalmente, a gente acaba refletindo isso que a gente acredita: que nós mulheres precisamos estar mais unidas do que nunca”.

Diante disso, Recife foi a cidade escolhida para fechar esse ciclo comemorativo do show Rouge 15 Anos e, já em setembro, estreiam uma nova turnê focando nas canções inéditas desta nova fase da girlband. “Entramos 2018 com muitos projetos e novidades. Lançamos a música Bailando para abrir os caminhos e estamos trabalhando em outros lançamentos, mas nada que possa ser adiantado ainda. Nos acompanhem”, entrega Karin.



Esse clima nostálgico é especial para Luciana, que saiu do grupo ainda em 2004, e hoje se sente, em suas palavras, “mais Rouge do que nunca”. “Tem sido maravilhoso voltar para a estrada com elas! A receptividade das pessoas tem sido linda! Seja no aeroporto, no hotel, nos shows sempre lotados. Tem muito carinho e amor envolvido. Sinto muita gratidão por estar de volta e isso tem sido uma cura na minha vida. Estou muito feliz”, confessa.

Aline completou Luciana: “Voltar a trabalhar as cinco juntas é um aprendizado diário. Nós mudamos muito, nos transformamos, temos outras histórias, outras vivências, mas é juntas que existe o Rouge. Então voltar para a estrada significou se reencontrar num outro momento da vida para continuar somando uma na vida da outra”.

Para o show deste sábado (11) – regado a hits como Ragatanga, Não Dá Pra Resistir e Um Anjo Veio Me Falar – as meninas prometem uma noite mágica no Recife. “Sempre é muito bom estar em uma nova cidade, conhecer e sentir o calor das pessoas, nós adoramos”, conclui Fantine.

SERVIÇO

Show Rouge 15 Anos + DJs – Neste sábado (11), a partir das 22h, no Clube Português (Av. Conselheiro Aguiar, 172, Graças). Ingressos: de R$ 60 a 170, à venda no Haus Bar, Redley, Avesso e site Sympla. Informações: 3231-5400


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM