Jornal do Commercio
Streaming

Saiba quais são os pais mais ouvidos no Brasil, segundo a Deezer

O serviço de streaming fez um levantamento dos cantores pais mais ouvidos em 2018 até o momento

Publicado em 10/08/2018, às 11h27

Os sertanejos Jorge & Mateus, ambos pais, lideram o ranking / Foto: Divulgação
Os sertanejos Jorge & Mateus, ambos pais, lideram o ranking
Foto: Divulgação
JC Online

A Deezer, serviço global de streaming, fez um levantamento dos pais cantores mais ouvidos no Brasil em 2018. Todos são artistas em pleno auge de suas carreiras e com milhões de fãs Brasil afora, que cantando e encantando a todos dividem sua vida entre ser artista e ser, simplesmente, pai.



Top 10 pais mais ouvidos:

1. Jorge & Mateus, pais de Davi e Dom, respectivamente
2. Matheus & Kauan, os dois são pais também
3. Wesley Safadão, pai de Ysis e Yhudi , esperando pelo terceiro filho
4. Zé Neto & Cristiano, Zé Neto é pai de José Filho e Cristiano é pai de Pietra
5. Gusttavo Lima, que acaba de ser pai pela segunda vez
6. Ferrugem, pai de duas meninas
7. Bruno & Marrone, ambos são pais
8. Diego, da dupla Henrique & Diego, que é pai da Anna Clara
9. Fernando, da dupla Fernando & Sorocaba, pai de Kamily e Alice
10. Chris Martin, o vocalista do Coldplay, é pai de Apple e Moses





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM